Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens.

Obrigada pela visita e fique à vontade.

Contato: janinefmcardoso@gmail.com

"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

sábado, 28 de novembro de 2015

Brasileirão de Dificuldade, Escalada em rocha e Trabalhos ABEE 2015

Amigos do climbing!

Os últimos meses foram de muito trabalho, incluindo os preparativos para o Brasileiro de Escalada Esportiva, modalidade  DIFICULDADE,  que aconteceu no último final de semana no ginásio ROKAZ em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Por isso, nem sempre escrevo por aqui, mas sempre que sobra uma brecha, posto uma foto com pequeno texto lá no meu instagram: @climberjancardoso :-)


Além disso, tenho viajado bastante para escalar em rocha com o Massa e nossos amigos MEGA fanáticos.. Esse dias na montanha dão o equilíbrio perfeito para abraçar a rotina de trabalho e treinamento com toda força!

 Eu e Massa seguimos empolgados com um monte de  projetos 'eternos' na rocha... rs... sempre na ativa, alimentando juntos a paixão  e loucos para alçar voos rumo a mecas de escaladas internacionais e para o Mundial de Escalada  e2016 em Paris!

Unindo funções como presidente  na ABEE a  uma nova fase de  responsabilidades profissionais e, felizmente, uma ótima temporada de viagens para a rocha e até uma trip incrivel  para a Disney com minha filha Manu,  os treinos indoor estiveram menos regrados esse semestre, apesar de eu ter adaptado uma planilha  desde setembro para participar mais uma vez como atleta do  Campeonato Brasileiro de dificuldade.

Com a enorme crise no país, foi grande a labuta para que o Brasileirão acontecesse de forma sustentável sem prejuízo para Rokaz e ABEE, e com premiação para grande parte dos atletas.

Particularmente, foi uma enorme realização para mim como diretora e voluntária da Associação, pois o resultado foi emocionante.

O quórum de atletas, como de costume ao longo da história de competições de dificuldade no Brasil, não foi alto como no ano passado, quando fizemos o campeonato na Casa de Pedra.

Contudo, o nível estava altíssimo, inclusive no amador.

Até o último dia da competição,  todo time ABEE esteve resolvendo detalhes ao lado  da equipe Rokaz. Semana de pré-evento é sempre assim, não tem jeito!

Mais uma vez agradeço ao Rapha Nishimura e Thais Makino pela cumplicidade sem tamanho em todos os procedimentos. Sintonia cada vez mais fina.

Nesse evento, Yan Ouriques e Anne Lages do ginásio Rokaz foram especialmente incríveis, com uma parceria impecável em cada passo, e acima de tudo, posicionando-se com grande envolvimento graças a anos de experiência organizando competições.

Envolvida em todo processo, fico muito muito feliz por ter acredito desde o começo no Jean Ouriques como routesseter chefe. Esse foi um dos maiores acertos da competição, dando oportunidade a mais um talento nacional atuar de forma profissional  nesse campo.

Sua sabedoria, dedicação e estudo dos atletas e cenário nacional, unidos ao trabalho do routesseter assistente Luca Portilho, foram fundamentais para o sucesso dessa competição.

Mais uma vez, agradeço imensamente a toda família Rokaz pela parceria impecável para que tudo fosse feito da melhor forma pensando nos atletas, de uma maneira sustentável para todos os lados - www.rokaz.com.br. e www.abee.net.br.

Por tudo isso, é sempre  gratificante  ajudar nos bastidores dos campeonatos, não só idealizando, como colaborando  com minha visão de atleta, escutando críticas e visões da comunidade e ainda podendo competir graças a experiência local, desta vez com uma ajuda real de uma entidade responsável e comprometida.

Como atleta, em 2015  resolvi competir nas duas modalidades sem sentir muitas cobranças e o resultado foi super satisfatório com  a 2ª colocação em  boulder e dificuldade.

Fiquei bem feliz,   considerando que ainda não recuperei a mesma forma de antes de fraturar o punho direito o ano passado, me sentindo muito energizada e  apta a escalar com saúde e gana nesses meus 41 anos de vida... rs




    Fotos acima no Ginásio Rokaz, clicadas por Alexandre Ferreira.
Confira o album completo em - www.xandeferreira.com/brasileiroabee2015

No feminino, quem levou esse ano o bicampeonato, foi a Bianca Castro, atleta super dedicada e focada, após um ano de ótimos resultados na rocha, incluindo um v11.

Um pouco atrás, em terceiro lugar, ficou a fortíssima Maíra Vilas Boas, atleta que menos de uma semana antes da competição encadenava a via Super Heróis 10a, a qual eu fiz a primeira ascenção e a Bibi também mandou depois de um tempo.

Eu admiro muito a Maíra como atleta e como  pessoa. Engajada, dedicada, disciplinada e fiel aos graus justos ainda que duros, mantendo a essência ... na minha opinião,  uma das boulderistas mais completas do Brasil, sem dúvida alguma.

Com isso, dá para ver que  o nível feminino está bem forte esse ano e tem tudo para melhorar ainda mais em 2016! #motivadas

No masculino, o nível esteve alto também.
Apesar de ter um quórum menor que o Brasileiro do Ano passado, os atletas que participaram estavam treinando com seriedade para a competição e a disputa foi acirrada até os últimos minutos da final.

A meu ver, isso evolui muito a escalada no Brasil, pois estimula novas gerações a seguirem treinando e se dedicando.

O atleta Felipe Ho, 15 anos, que   acabou de voltar de sua primeira participação em um Mundial Juvenil e levou seu 1º título no masculino PRÓ! (foto abaixo).

Conquista mais do que merecida após um ano de muita dedicação, erros e acertos, treinos e enorme comprometimento com o conjunto nacional.
Foto de Alexandre Ferreira   - www.xandeferreira.com/brasileiroabee2015

Além disso, o PRÓ também teve o brilho da categoria PARACLIMBING, que este ano foi ainda mais emocionante com a segunda participação do atleta Luciano Frazao (subcategoria amputado), da  Raissa Dias como mulher pela primeira vez no Paraclimbing (subcategoria deficiente fisico) e, mais uma vez, o brilho do Raphael Nishimura, nosso eterno vice campeão mundial de Paraclimbing (2012).

                                           Luciano Frazão acima, na categoria PARACLIMBING

O amador  foi fantástico e disputado, estimulando a base, inclusive com um quorum muito legal de mulheres motivadas em evoluir.

Confira os resultados e ranking completo em: http://www.abee.net.br/ranking-brasileiro-de-dificuldade-2015/
Muito obrigada às marcas parceiras este ano no Brasileirão e valeu a vibe de todos os atletas participantes!

Percepções físicas e psicológicas de 2015
Durante a fase de  treinos e principalmente ao escalar vias no meu limite na rocha  nesse segundo semestre, percebi que esse ano tive uma evolução considerável ao comparar com 2014 na mesma época, após cerca de 1 ano e meio pós cirurgia.

Percebo, contudo,  que o braço direito ainda  cansa mais rápido que o esquerdo (e eu não sou canhota!!rs), pois a mão direita ainda não possui aquele poder de preensão que dá para tirar da alma,  rs... após uma larga sequencia de força resistência sem ponto de descanso.

Porém,  ainda assim, já deu pra realizar esse ano mais um 9c (via Coliseu no Cipó) e alguns 9b´s na rocha - como a  primeira ascenção da Hora do Pesadelo (foto abaixo) na SErra do Cipó (MG) e a Madame Satã (FFA) na FAlésia dos Olhos, Brazópolis.


Também rolaram nesse semestre duas trips incríveis para a Gruta de Passa Vinte com o Massa,  onde realizei a primeira ascensão feminina da Via Left or Right (9a na foto abaixo) e da Tapa na Sombra (9a).

Com certeza, ao longo do tempo, a tendência é que as fibras de resistência e de força específica vão se fortificando cada vez mais com a pratíca! Vamo q vamo, curtindo sempre cada tentativa!


Esse final de ano, a ideia é deixar em aberto  a possibilidade de escalar no Cipó, em São Bento e Passa Vinte, conforme 'São Pedro' mande a chuva, deixando o vento nos levar!

Quero também curtir momentos de relaxamento ao lado da filhota e família nessas férias, e do meu sobrinho  bebe mais lindo do mundo, o Matias!!!

ASSEMBLEIA GERAL ABEE - eleições de nova chapa, balanço 2015 e trabalhos 2016. 

Ainda esse ano, no dia 15 de dezembro,  realizaremos a ASsembléia Geral da ABEE no ginásio Casa de Pedra em São Paulo, a partir das 18h30 (primeira chamada), com início às 19hs.

Além de eleição da nova chapa única, a assembléia fará um balanço sobre as realizações e gastos 2015, assim como irá tratar sobre projetos e cronograma do campeonato brasileiros 2016.

Não deixe de conferir as resoluções e novidades acessando o  Site da ABEE.

Muito obrigada às marcas TOP que me apóiam em mais esse ano como atleta:
 4CLIMB, DEUTER, YOUCLIMB, LA SPORTIVA, GINÁSIOS 90 GRAUS e CASA DE PEDRA

Bom final de ano a todos, com muito amor, paz e vibrações positivas e até a próxima!






... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

National Geographic POD