Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens.

Obrigada pela visita e fique à vontade.

Contato: janinefmcardoso@gmail.com

"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

OuroBoulder, Brasileiro Juvenil, F.A. no Cipó, novo Estatuto ABEE e Mundial Juvenil 2015

Ufa!!!

3 meses passaram voando e muita coisa boa aconteceu nesse meio campo de 2015!

Após o campeonato brasileiro de boulder (postagem anterior), emendei em uma fase de bouder bem animada na rocha, mesclando com treinos indoor e muito trabalho em São Paulo.

Já me sentindo novamente bem mais consistente na escalada esse ano, passei a mesclar treinos de força pura com resistência, já que até maio estava em um trabalho focado mais em força.


                                               
Treininho de bloque  mesclando com resistência - Fotos: Flávio 'Massa'

A ideia era chegar um pouco mais 'bruta'  para alguns boulders de Ouro Preto, para o clássico festival de boulder - OUROBOULDER, deixar a pele mais preparada para a rocha e também aguentar um volume de boulders.

Com empolgação a mil para voltar a esse paraíso, fechamos uma barca de escaladores da 90 GRAUS - Vini, Cahe, Felipinho Ho, João ´Medrano' e fomos na gana para Ouro Lands.

Lá, é impossível listar o número de escaladores amigos que encontramos no Festival!

           Grandes brothers de trip - Bizu e Vini

        Acima, Curtindo o belo 'Campus Board' - V2  - Foto: Flávio Torreglosa

Mais uma vez , escalar em OP foi incrível,  dava vontade de subir tudo e passear pela cidade histórica sempre linda!

Desta vez, ainda tivemos a surpresa boa de conhecer a Luisa Xavier, dona do hostel Rosário, que nos recepcionou com a vibe mais positiva do mundo durante todos os dias,  não só no hostel, como nos rolês por Ouro Preto e arredores.

Foi um prazer conhecê-la, Lu, de coração... Mais uma razão para voltar em breve!!
Acesse: www.rosariohostel.com.br

Sobre a escalada, resumidamente, tinha alguns poucos projetos para essa trip - um que havia deixado pendente do ano passado, por causa do punho ainda em recuperação da cirurgia de escafóide em abril de 2014.
Cheguei louca para escalá-lo: o Arestides Extensão - V7.

 Cadena do Arestides Extension - V7 - foto: Flávio Torreglosa

Resolvida essa pendência na primeira entrada, entre outras maravilhas, acabei conhecendo também o Conhaque Presidente, outro V7 mais curto, que saiu no Night Climbing com betas perfeitos da máster vibe escaladora carioca Glauce Ibrahim.

Outro projeto que viajei pensando em conhecer era o Carcomendo, V7 que o Massa havia indicado, por ser um boulder mais baixo e bem meu estilo. Curti muito o visual da linha, além é claro, de ser um clássico do point. Do chão, dá para olhar bastante cada lance do boulder e  também acompanhei algumas pessoas tentando, já sabendo que ele requer pele...

 Foto acima, escalando o boulder 'Carcomendo' - Ouro Preto

Após me empolgar com um volumão de boulder, descansei a pele um dia e, no último dia, resolvi experimentar de verdade o Carcomendo que, após algunns pegas,  saiu no night também, com betas precisos da boulderista Thalita Barbosa.

Ainda sobre as conquistas de destaque  nos boulders nos últimos meses,  o grande feito marcante é a  cadena do primeiro V12 feminino no final de julho,  realizado pela escaladora Jordana Agapito no boulder kalunga em Cocal, Goiás.

Segundo ela, o boulder é de encaixe, mas é certo que ali tem muito treino, foco, força e disciplina....Parabéns, Jordana!

Ainda no universo dos boulders, tive  o prazer de acompanhar  de perto em Ouro Preto, pegas alucinantes do jovem escalador Felipe Ho e do grande veterano Rafael Passos no boulder Libertadores - V14 - Por muito pouco o atleta Felipe Ho não conquista a linha... alucinante de ver.... muito próximo mesmo!


Acima, Felipe Ho isolando o último movimento do boulder Libertadores, V14


Enquanto isso, os trabalhos na ABEE - ASsociação Brasileira de Escalada Esportiva seguiram intensos em junho e julho, e os treinos de resistência para vias em rocha intensificaram-se no ginásio.

NOVO ESTATUTO e CONSELHO ABEE
Uma das grandes funções profissionais em julho foi oficializar e registrar o NOVO ESTATUTO, que hoje possui um formato conforme a legislação brasileira, acompanhando a lei Pelé.

Para isso,  votou-se por dois novos CONSELHOS  oficiais na Assembléia Extraordinária no final de junho:
- Conselho FISCAL: Otávio Bernardes, Juliana Frare e Débora Hasigushi
- Conselho de REPRESENTANTES: André Berezoski, Anderson Gouveia e Jean Ouriques.
Saiba mais em: http://www.abee.net.br/a-abee/

Particularmente, não só como presidente da ABEE como, principalmente, como escaladora e atleta, fiquei muito feliz com esse time profissional e especializado vindo para agregar, formado por escaladores esportivos que sempre se dedicaram bastante ao nosso esporte.


Além da consolidação do novo Estatuto, julho foi tempo de organização do CAMPEONATO BRASILEIRO JUVENIL, JUNIOR E INFANTIL. 



Em parceria com o GINÁSIO VIA AVENTURA e o routesseter Anderson Gouveia, o campeonato foi maravilhoso.
Conforme eu previa, foi pura emoção ver a criançada dando muta gana, interagindo de forma saudável através de um campeonato e amadurecendo também.

O must a mais ficou por conta do interesse da minha filha Manuela em participar da competição!

   Manu, filhota,  em seu 1º campeonato - fase semi-final

Para nós, foi muito pleno, não só por vê-la encarando o desafio com seu estilo e de forma natural, como por dias de muita cumplicidade e descobertas novas.
Para mim, foi obviamente muito gratificante como atleta por tantos anos, ver minha cria, acima de tudo, divertindo-se com a proposta de competição, buscando completar a via e evoluir.

Para os próximos anos, faremos em uma data que não seja no final das férias de julho, para facilitar ainda mais a participação de escaladores dessa idade.

RESULTADOS:
Juvenil A/B Masculino
1 - Felipe Ho Foganholo (1999)
2 - Matheus Buschle (1998)
3 - Alex Mendes (1999)
4 - Alexandre Tanhoffer (1999)
---------------------------
Junior Feminino:
1 - Helen Christina da Silva (1996)
----------------------------
Junior Masculino:
1- Ygor Ribeiro (1996)
----------------------------
Infantil masculino abaixo de 13 anos
1 - Rafael Kalluf Teixeira (2004):
2 - Kaue Galon (2002)
3 - Lucca Macedo Gama da Silva (2002)
4 - Carlos Eduardo Bom de Oliveira (2003)
---------------------------
Infantil feminino abaixo de 13 anos:
1 - Mariana Kalluf Teixeira (2002)
2 - Manuela Cesar Cardoso da Silva (2003)
------------------------------
Infantil masculino abaixo de 10 anos:
1 - Henrique Beneti Dall' Stella Feller (2008)
------------------------------
Infantil feminino abaixo de 10 anos:
1 - Mariana Hanggi Correia (2006)



  Papais e mamães orgulhosos com a futura geração brasileira


---------------------------------------------------------------------------------
RockTRip 2015 para SERRA DO CIPÓ

Concretizado  o campeonato brasileiro JUVENIL de DIFICULDADE, mantive o treinamento indoor menos acelerado no início de agosto, pensando na TRIP para a SERRA DO CIPÓ no meio do mês.

Eu estava  com muuuitas saudades desse calcário e das vias de altíssima qualidade na rocha cipoense!

E lá fomos lá, eu e meu companheiro Massa, mais uma vez!

Juntos,  nos jogamos em dias incríveis de escalada, escalando tudo que era via, de graus variados, experimentando as novidades que iam surgindo pela frente... muuuuitas por sinal. Pura vida!

Após finalizar a Coliseu - 9b/c, me sentindo muito bem,  de repente surgiu uma nova maravilha no Cipó  para colocar foco e energia - a via 'A Hora do Pesadelo'.

Acompanhamos todo processo de visualização e colocação das chapas com o  escalador e conquistador Alexandre Fei, que teve ainda a parceria do Raoni e Massa na abertura.

 Fei na missão inicial na via - 'A Hora do Pesadelo' - Cipó

Sem muita expectativa, apenas super curiosa para conhecer a movimentação, entrei na via - dura e boulderística no começo, mas também super técnica, exigindo uma certa continuidade....

Fomos descobrindo os betas juntos e foi muito legal colocar a mão na massa para limpar a via.
Percebi, então, que a cadena poderia ser viável ainda nessa trip.

                                                           
 Tentando achar os melhores betas do, até então, novo 'projeto' do setor G3

 Malhando o começo da 'A hora do Pesadelo' - Foto: ´Massa'

E começou a CORRIDA DO OURO para ver quem faria o First Ascent... rs...

O desafio final seria passar do último crux, no qual estávamos seguindo  para a esquerda (onde eu estava caindo, por ser um lance muito instável).
Eis que o Raoni descobriu uma outra movimentação que deixou a passagem menos ´loteria'.

Com isso, com dedo aberto mesmo, toquei p cima, administrei os conhecidos lances técnicos das últimas chapas e saiu o FA.
                                               
Essa é uma via que requer bastante pressão de pés para tocar a continuidade de seu boulder, exigindo técnica, umas boas  betadas e,  voilá, é só emendar a sequência!

O grau final sugerido ficou em 7c+Fr (9bBr), considerando o grau do Cipó. Após um consenso com os escaladores que experimentaram a via,  comparando com a Sombras Flutuantes ali do lado,  a dificuldade seria similiar, apesar de ser um estilo diferente.

(A via está localizada do lado direito da 'Premonição', e é a primeira à esquerda da 'Além da Imaginação'.)

Com  tanta escalada em rocha,  voltei de cabeça feita para São Paulo, e ainda mais motivada para as próximas trips...

Entre elas, já estou com passagem fechada para conhecer QUIXADÁ, no Encontro dos Escaladores do Nordeste 2015!!!
EENE 2015: Quando: de 4 a 7 de setembro.

Será um grande barato conhecer mais um setor brasileiro de vias, dar a gana nas  crocâncias da região e interagir com a comunidade no evento.

------------------------------------------------------------------------------

CAMPEONATO MUNDIAL JUVENIL 2015 - Felipe Ho representando o Brasil!

Enquanto isso, a empolgação do momento dentro do universo da Escalada Mundial é acompanhar o ranking da Copa do Mundo no site do IFSC  - Ranking completo.

Mina Markovic está liderando firme no feminino de DIFICULDADE, com 3 vitórias após 4 etapas realizadas. No masculino,  o francês Gautier Supper segue na frente, com dois 1ºs lugares.

No ranking 2015 de boulder, o koreano Jongwon Chong levou o título do ano e a japonesa Akiyo Nogushi venceu no feminino.

Mas o mais empolgante mesmo esse ano, a meu ver, é torcer pelo nosso brasileiro FELIPE HO que estará no próximo final de semana competindo na cidade de Arco, Itália, participando pela 1ª vez de um CAMPEONATO MUNDIAL JUVENIL DE ESCALADA ESPORTIVA.

O atleta competirá  nas modalidades boulder e dificuldade, e sua participação inicia no sábado, 29 de agosto, a partir das 8hs (horário local). na fase classificatórias de BOULDER.


Fico muito muito feliz em ter ajudado direta e indiretamente esta participação (tanto pela ABEE ser filiada ao IFSC, como por ter um carinho e admiração enorme desde sempre pelo Felipe).

São mais de 1000 escaladores participantes, mais de 50 países participantes... Muita emoção!!!

O MUNDIAL JUVENIL pode ser conferido ao vivo a partir das SEMI-FINAIS NO CANAL DO IFSC - www.ifsc-climbing.org.

Resultados da categoria juvenil A boulder: http://www.ifsc-climbing.org/index.php/world-competition/calendar#!comp=1562&cat=82

Esperamos mais informações também na página oficial do evento: www.rockmasterfestival.com/2015/index.php

Força, gana e foco, Felipinho!
 Estaremos na torcida e ainda mais motivados para manter a evolução brasuca!

Vamo q vamo, sempre na busca por equilibrar realizações, saúde, família e trabalho, administrando a corda bamba e aprendendo com cada queda e nova vivência.

Bons ventos e até a próxima....


... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

National Geographic POD