Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens.

Obrigada pela visita e fique à vontade.

Contato: janinefmcardoso@gmail.com

"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

domingo, 1 de março de 2015

Gruta da 3ª Légua e Salto Ventoso - Maravilhas da Escalada Nacional!

+ CAMPEONATO BRASILEIRO DE BOULDER - dia 25 de abril no ginásio Onsight, Porto Alegre
----------------------------------------------------------------------------------

Olás!

Após uma temporada de muito trabalho, venho aqui dividir  minha breve vivência em dois setores incríveis de escalada brasuca, localizados no Rio Grande do Sul - estado onde tive a oportunidade de escalar durante o feriado de carnaval.

Um deles - a Gruta da Terceira Légua, eu já havia visitado rapidamente em meados de 1996, após uma etapa de um Campeonato Brasileiro que rolou naquele ano na cidade de Caxias do Sul.

Já o outro 'paraíso' - a cachoeira de Salto Ventoso, apenas havia ouvido falar super bem a respeito, mas ainda não conhecia.
De fato, é muito lindo!!

Além da qualidade do 'climbing', a região foi escolhida desta vez por mim e pelo Massa, também levando em conta a calmaria que prevalece pelo Sul durante a semana carnavalesca... Perfeito para  focar no climbing e descansar.

Para agregar ainda mais a essa calmaria típica da região, ficamos hospedados no alojamento do escalador gaúcho Tiago Balen, localizado a cerca de 1 km da Gruta.

Extremamente arborizado e com uma estrutura sustentável, o refúgio fica  próximo aos vinhedos e oferece também estrutura para camping.
Além do ambiente ser uma delícia, tem cozinha totalmente equipada e a estrutura de banheiros está em processo de finalização.
Desde sempre, agradecemos ao Balen pela receptividade no seu espaço...Com certeza, voltaremos!

(Mesmo porque, não posso deixar de citar que existe um novo setor alucinante ali mesmo próximo à Gruta, batizado de  NOEL ROCKS. Conferimos o potencial de perto com o Balen, que já realizou algumas conquistas em parceria com outros conquistadores engajados... Animal!)



VIAJANDO DE CARRO: Nossa opção de traslado para Caxias do Sul foi sair de Sampa de carro bem cedinho no pré carnaval e encarar as, cerca de, 13 horas previstas na estrada, revezando a direção.

Na ida, demos uma baita errada (segui uma das 'loucuras' do Waze - aplicativo que amo e, às vezes, odeio também!)...
Com isso, desviei da rota que deveria ser 'eterna' até Caxias pela  BR 116 e fui parar em Blumenau...rs ...Esse errinho deu uma acrescentada de algumas horas à trip... tsc tsc tsc... :-/

Chegamos ao nosso destino após pouco mais de 15 horas, super cansados, loucos pelos nossos sleeping bags!

Essa opção de ir de carro, de Sampa até o RS  é até interessante quando se está com disposição e tempo para passar o dia todo na estrada, além de acabar sendo uma opção mais barata do que alugar um carro em Porto Alegre no caso de ir de avião. É bem interessante também pelo espaço para esquipamentos, mochilas, caixas de apetrechos para cozinha em caso de camping, etc.

Contudo, é importante ter em mente que a viagem é longa. É imprescindível realizar  uma logística bem feita sobre todo percurso, evitando  horários de transito/ rush ao passar pelas 'cidades grandes'.

Já o retorno para Sampa foi bem tranquilo, pois não erramos nada e praticamente não pegamos trânsito.  Conforme previsto, foram cerca de 8 horas até Curitiba, mais cerca de 5 horas de Curitiba até Sampa, incluindo algumas paradas para almoço e para esticar as pernas.
E dá-lhe variedade de sons!!

CLIMBING EM CAXIAS: Recuperados da viagem, no primeiro dia de escalada em Caxias  programamos fazer um reconhecimento da Gruta  para 'não queimar a largada'... rs...
Aquecemos em  todas as vias abaixo de 8ºgrau e escalamos um oitavo para  dar uma aclimatada mais forte - a clássica Apocalipse - 8c.
Tri-linda!!



















Considerando o pouco tempo de trip e conscientes sobre o estilo boulderístico do setor, escolhemos alguns nonos como projetos na Gruta, queforam  fluindo em meio a alguns descansos...

Entre minhas conquistas, fiquei feliz com o  flash da super clássica Herege - 9a!
A via acabou saindo na primeira entrada graças aos betas perfeitos da galera presente e uma boa dose de tranquilidade para entender e realizar o crux final ... É sempre interessante notar a evolução, comparando com outras épocas de escalada...  Há 10 anos atrás, meu estilo estático, sem muita experiência na rocha ainda me bloqueava de tentar vias que possuíam movimentos mais explosivos  como essa.

               Foto acima na via Herege, por Márcio Gualberto

Lembro que em 1996, me arrisquei na Premonição (9a), e havia experimentado também a Apocalipse, além de ter marcado na memória a imagem dos escaladores André Berezoski, Felipe Camargo e Stefano 'Ligeirinho' mandando algumas pancadas mais intensas já na época...  Titanos forever!

Outra conquista  legal para mim nessa trip foi a via Braboleta. Essa aí, confesso que, a princípio menosprezei, entrando no final dos dias para tentar o boulder do começo, sem sucesso na continuidade dele.
Enfim, descansei e entrei mais leve, conseguindo fluir melhor na continuidade  dessa linha super pura...
9a justíssimo!

Apesar de tantos projetos maravilhosos na Gruta ficarem 'nos tentando', desta vez eu estava super decidida em conhecer Salto Ventoso!


SALTO VENTOSO está a 80 km da Gruta e do refúgio do Balen, são cerca de 50 minutos de carro. Uma vez dentro da cidade de Farroupilha, é só seguir as placas para a Cachoeira.
Nosso dia de visita  amanheceu chuvoso, e manteve-se assim, inclusive durante nossa chegada ao 'Parque'. Vale lembrar que escalador paga R$ 5,00 por carro (assim como todos os visitantes), mas o pagamento é uma vez por mês apenas.

Para ignorar a baita chuva, protegi a mochila com a capa providencial e original da Deuter, que vem 'acoplada' à mochila, e, sem pestanejar,  ainda saquei meu item 'super' técnico para garantir que chegássemos sequinhos às paredes  de escalada - nada como um bom e básico guarda-chuva!

Uma poesia seria pouco para definir a beleza desse lugar, ainda que embaixo de muita chuva até chegar à grande área abrigada, incluindo vias de escalada!
Não à toa, a foto abaixo saiu com esse ar poético... Sensacional!


Enquanto eu fotografa fascinada a cachoeira em meio às paredes e a vegetação, o Massa já estava lá na frente louco para descobrir as linhas do croqui - (vide Site do escalador Naoki Arima ).

Logo de cara, tivemos o privilégio de conhecer uma das moradoras do local... inofensiva, porém, imponente como o Salto! (foto abaixo)
A natureza é, sem dúvida, sempre fascinante!

                Momento de cumprimentar os habitantes locais... rs

Com a chuva caindo 'lá fora', escalamos paca´s no primeiro dia em  Salto Ventoso, aproveitando o dia seguinte sem chuva por lá também com o Balen... Entre as belezuras, escolhemos alguns sétimos e  oitavos graus clássicos e super indicados como: ' Uglo- o Anti-social' (8aBr), 'Jardim dos Caramujos' (7aBr), Presença de Buce (7aBr), Sexo, Algemas e Cinta Liga (8cBr), sá (8aBr), além de acompanhar o Balen (foto abaixo) escalar de forma hiper natural alguns nonos,  como a clássica 'Que venga el burro te lo plante' - (9aBr)


Muito aprendizado, sempre e sempre... além de muita diversão em mais esse setor incrível!




Com toda certeza, viajar e conhecer lugares novos é sempre arrebatador, ainda mais quando a viagem conta com amigos maravilhosos como Ianzinho Padilha, Gabrielzin Rabello, Carin Marchiorato, Márcio Gualberto,  e nos permite conhecer novas pessoas também  pilhadas na evolução da escalada, com uma vibe para lá de positiva,  como a karen Ruschel, o Giuliano Vieira, o Jimão e seu belo ginásio V10!!!
Baaaah... é só alto astral nas rochas desse Brasilzão... Valeu demais, galera!

Para comemorar, não podíamos deixar de tomar um belo vinho nacional ao lado do nosso anfitrião mór.
Graças ao beta do próprio Balen, fechamos o último dia de climbing em Salto Ventoso com um jantar no restaurante Butelinho em Farroupilha, regado a esse vinho do Rio Grande do Sul, produzido com uma uva que, até então, eu não conhecia e superou minhas expectativas...UVA terodelgo, vinho Don Guerino...


Baaaah... rsrs...  tri-bom....Super indico!

De volta à Sampa renovados, é hora de continuar focados na evolução da força, pensando em participar do brasileiro de boulder que  acontece dia 25 de abril no ginásio Onsight em Porto Alegre.

Os trabalhos do ginásio em conjunto com  a ABEE estão a mil para receber os atletas em mais esse grande desafio!!

Inclusive, os locais para hospedagem já podem ser verificados na página do facebook: ESTADIA EM PORTO ALEGRE - CAMPEONATO BRASILEIRO DE ESCALDA - BOULDER 2015


Confira nesse link -  INFORMAÇÕES PARA INSCRIÇÃO no BRASILEIRÃO, e PARTICIPE!!!

Vale reforçar o que já informado aos filiados e representantes da ABEE após reunião/assembléia  realizada em dezembro de 2014:
- OBRIGATORIEDADE DE FILIAÇÃO PARA ATLETAS PRÓ: atletas das categorias do PRO devem renovar a filiação a partir de janeiro para garantir a continuidade dos trabalhos e solidificação do calendário, além de colaborar com outras obrigações básicas da entidade, como manter a filiação junto ao IFSC.
Em 2015, atletas das categorias do AMADOR ainda não precisarão ser filiados, apesar de contarem com descontos na inscrição dos campeonatos em caso de serem filiados a ABEE.

- VALIDADE DA ANUIDADE: Devido à fundação da ABEE em março de 2014, com trâmites burocráticas como abertura de conta e cnpj criado em junho do mesmo ano, a filiação de 2014 da ABEE iniciou em junho e  foi até dia 31 de dezembro.
A partir de 2015, a filiação começa dia 1 de janeiro e vai até 31 de dezembro, independente do mês de filiação.
Até dia 31 de março de 2015,  o valor da filiação é R$ 95,00. A partir do dia 1 de abril a filiação passa a ser R$ 120,0.0

- ETAPAS ÚNICAS de BOULDER e DIFICULDADE: Além da decisão sobre o período de filiação, manteve-se a decisão de seguir este ano de 2015 com uma etapa única de cada modalidade - boulder e dificuldade.

- ETAPA JUVENIL DE DIFICULDADE (Experencial): a ABEE fará uma experiência para verificar quórum, homologando um Campeonato brasileiro de Escalada para a  categoria juvenil, separadamente, na modalidade dificuldade,  graças à motivação e parceria do organizador Anderson Gouveia e do ginásio Via Aventura no final de julho (data a confirmar).

- PAGAMENTO IFSC: o pagamento do IFSC em 2014 foi realizado em duas parcelas, graças a acordo com a Federação Internacional. Em 2015, o pagamento já´foi quitado em dia no mês de março, viabilizando a participação de atletas brasileiros sem qualquer problema desde já.

- CALENDÁRIO COMPLETO: o calendário completo deve ser divulgado até o final de março no site da ABEE - www.abee.net.br.


Os meses de março e abril, com toda certeza, serão de muito trabalho para os atletas brasucas...
Vamo que vamo, com muita consciência, e nos vemos no Brasileirão no final de abril em PORTO ALEGRE!
Bons ventos e ótimas escaladas a todos!

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

National Geographic POD