Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

domingo, 31 de agosto de 2008

Superação e Inspiração!

Para começar hoje, imagens de um dos filmes que mais me marcou - Gladiador, com uma sábia mensagem sobre superação!



Há mais de 10 anos atrás, estava eu fazendo um curso de inglês em San Diego, Califórnia, onde tive o prazer de assistir a uma das últimas participações da escalada esportiva guiada nos X- GAmes.

Além da expectativa em acompanhar meu primeiro campeonato de escalada mundial (e de piraaaar com as motos voadoras e saltos dos snowboarders em pistas artificiais!!!), eis que vejo uma loira 'fortinha' pendurada no tetão texturizado da enterprise (na época, esse tipo de estrutura era inovadora). Ela estava montando as vias para as competidoras top's do mundo.

A loirinha subindo e descendo da grua (também novidade para mim) era simplesmente Robyn Erbesfield, um ícone maduro da escalada feminina, que já havia sido 4 vezes campeã do mundo em meados de 1990!

Nesses X-Games, Katie Brown estava no seu auge e foi lá que tive meu primeiro contato com ela também. Uma criança! Fiquei impressionada com sua magreza. Posteriormente, tive a oportunidade de encontrá-la na Alemanha e pegar uma carona de Frankinjura até Besançon, na França, para uma etapa da Copa do Mundo. Fomos no carro eu, Helmut Becker, katie (bem introspectiva, mas sorridente) e sua mãe ao volante, simplesmente encantadora!

Nessa oportunidade, soube que Katie tem alergia a gluten, logo, não come pão, macarrão, etc (mas durante a viagem, comeu bastante torradinha de arroz com atum enlatado...Descobri aí um dos seus segredos, hehhe).

Aos poucos, percebi que a vida de uma atleta como ela, cobrada pela mídia e por ela própria, era cheia de pequenas artimanhas e métodos, como passar o dia inteiro pré-competição isolada no quarto meditando ou fazendo sabe-se lá o que!!! Só sei que, nesses dias, ela mantinha-se ainda mais introspectiva, preocupando-se com refeições ricas em legumes, arroz e maaais atum.

É claro que, no isolamento, como quem finge que não olha, mas olha tudinho, vi que Katie, 30 minutos antes de entrar na via, mandava um carbo gel pra dentro...Aos poucos, convivendo com feras da esportiva como ela, entre eles os espanhóis Ramon Julian, Patxi Usobiaga, Irati Anda, Dani Andrada, etc, fui desmistificando um a um e descobrindo seres humanos sensíveis em busca de superação, através de muito trabalho, estudo, paixão e dedicação!

De volta a San Diego, vi Katie ganhar em casa, superando vagarosamente os movimentos criados pela veterana e conterrânea Robyn! Um espetáculo que continua até hoje no circuito da COPA do MUNDO, com novos talentos surgindo! (Hoje, a maioria dos escaladores escala mais rapidinho, já que o tempo de via tem sido encurtado para tornar o esporte mais dinâmico!)

Essa mesma Robyn, que com 35 anos criava vias para um campeonato mundial, está hoje com 45 anos (não deve ser exatamente a mesma, claro, já que 10 anos amadurecem bastante o ser humano!).
Ela trabalha em um programa de ensino de escalada para crianças e acaba de mandar mais um 5.14a (8b+ francês)!!!

A via mandada por Robyn chama-se Bad Attitude e está localizada em uma falésia francesa! Eu me identifico bastante com ela pois até hoje, ela tem mais prazer em enfrentar desafios 'on-sight', do que em trabalhar vias, mas ficou motivada em malhar esse 8b+ por ser um desafio a 10 minutos de sua casa... Nada mal, hein!!!

Para mim, por enquanto, a 10 minutos de casa, só mesmo os nonos graus marcados com fitinhas pretas lá na Casa de Pedra ... hehe!!! Por isso, pé na estrada quando dá, que tem muito 'point' ainda nos meus sonhos!

Robyn tem 2 filhos: um menino de 10 anos que já mandou 5.13a, e uma filha de 7 que já mandou 5.12a!!! Affff, muito legal, né?!!! Experiência de geração para geração...

Evolução, saúde, diversão e motivação a todos!!!

Nenhum comentário:

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget