Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

sábado, 27 de setembro de 2008

Ramon e Maja vencem dificuldade em Puurs!

Alô!!

Fim de campeonato aqui em Puurs! Felipinho conquista 20ª posição para o Brasil no mundial!
Na semi-final, o Felipinho entrou bem, tranquilo. No início, teve um problema com um movimento esticado que tomou mais tempo de via do que o previsto. Resolvido e ultrapassado o lance longo, ele fluiu bem até o juiz avisar que faltava 1 minuto de via (ao todo, são 6 minutos para a semi). Nesse momento, gritei: Caaaaaalma! Aprovetcha bem niiinho!!! hehe... Ele progrediu dois lances, mas o cansaço e a adrena do tempo atrapalhou um pouco.

Pelo que analisamos, se não tivesse gasto tanto tempo no começo, com certeza teria progredido um pouco mais. Mas sua colocação em 20º no total, nos deixou muito feliz, sendo a melhor colocação de um atleta sulamericano no mundial masculino de dificuldade, evoluindo um pouco o feito do ano passado do Cesinha, do Belê e dele próprio aqui em Puurs.

Na final, o espanhól RAmon deu show de montée, pra variar, justamente antes de cair. Após perceber o urro da platéia quando ultrapassou o lance em que o tcheco Tomas havia caído anteriormente, ele relaxou e começou com o espetáculo. Muito comédia o baixote. Inacreditável o que ele faz com tão pouco tamanho, principalmente se comparado a Jorg e Tomas, ambos bem mais altos que a média dos escaladores!

Conversando com Ramon, perguntei se ele acredita levar o título do ano. Ele disse achar difícil, pois Tomás Mrazec e Jorg Verhoeven seguem liderando o ranking sem errar. Apesar de não ficarem em 1º, ambos mantêm constÂncia de pódium em todo circuito, e isso eleva muito a pontuação dos dois e dificulta a vida do espanhól.

Ramon falou ainda de sua impressão sobre o tempo da via final (8 minutos). Ele disse considerar essa regra de tempo definida para este ano, um fator negativo para o espetáculo da final (no ano passado, eram 15 minutos). Mesmo escalando rápido, ele ouviu o juiz apontar o último minuto restante, o que atrapalha a cadena. E diga-se de passagem, uma cadena suada em uma final de mundial chacoalha a arena e leva o público ao delírio!

Desta vez, nem o masculino, nem o feminino tiveram cadenas na final, mas o espetáculo aconteceu nessa parede linda, considerada uma das melhores estruturas de todo o circuito.

A slovena Maja, com toda sua magreza, determinação, beleza e experiência, deslizou na via... soberana. A monstrinha de 15 anos Johanna Ernst recusa-se ainda a usar o calcanhar. Logo, nessa de fazer montéé (ela é forte o suficiente, mas de vez em quando, deveria usar, como hoje,,, hehe), ela ficou em 3º, atrás da também eslovena Mina Markovic, que ficou em segundo no geral! Mina e Maja empataram na final, e o resultado da semi-final foi usado como critério de desempate, seguindo o regulamento do IFSC.

A pequenina Johanna, talento absurdo de 15 anos, é uma simpatia, começou a escalar com 5 anos, o que torna sua escalada um passeio no bosque, mesmo na final! Trabalho de base é realmente o segredo!

Além de dificuldade, Puurs também contou com a modalidade velocidade, com a vitória do venezuelano Leonel de la Salas e da ucraniâna Svitlana Tuzhylina.(Confiram colocação completa em www.ifsc-climbing.org)

Vejam a classificação completa de dificuldade abaixo:

MEN lead
1. Julian Ramón ESP
2. Mrázek Tomás CZE
3. Verhoeven Jorg NED
4. Lachat Cédric SUI
5. Kryukov Valeriy UKR
6. McColl Sean CAN
7. Becan Klemen SLO
8. USOBIAGAPatxi ESP
18. CAMARGO Felipe BRA

W O M E N lead
1. Vidmar Maja SLO
2. Markovic Mina SLO
3. Ernst Johanna AUT
4. Ciavaldini Caroline FRA
5. Noguchi Akiyo JPN
6. Shalagina Olga UKR
7. Anda Villanueva Irati ESP
8. Kim

Um comentário:

Kiku disse...

Buen articulo , Ramon empieza a apretar furte . Hay fanatismo en este blog , saludos .

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget