Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Feliz 2009

Amigos,

Mais um ano marcado por mudanças se passou. Mudanças que fazem pensar e principalmente evoluir, CRESCER!

Tenho certeza que a maioria de vocês ama o contato com o divino, seja atráves de esportes, como escalada, caminhada, surf, esportes de aventura, ou mesmo através da contemplação. Seja como for, todos sentem a plenitude da vida após a realização de uma travessia!

E os recursos para essa travessia? Como utilizá-los com sabedoria? Sobre isso, li uma matéria muita consciente e bem escrita do Carlos Vageler, sobre tentarmos viver nosso dia-a-dia como se estivéssemos realizando uma trilha no meio da mata, tendo que utilizar apenas os recursos colocados dentro de uma mochila cargueira para sobreviver durante alguns dias.

Sem ideologias falhas, é fundamental percebermos que existem realidades e parâmetros diferentes hoje em dia. Muitos vivem dualidades, 'triiialidades', e a evolução começa no respeito à individualidade de cada um.

Eu por exemplo, adoro usar uma roupa esportiva com um tecido confortável e tecnológico para praticar minhas atividades, gosto do melhor tratando-se de eletrônicos para trabalho e lazer, aprecio roupas com um caimento bonito e adoro viajar pelo mundo! Isso tudo custa né?
Porém, sabermos reconhecer o limite e o exagero já é um grande passo para a evolução!

No fundo, todos conseguimos viver com pouco se a vida assim nos impõe... e todos temos uma essência (aqueles desejos reais que manifestavam-se de forma pura na infância e que foram se perdendo ao longo da vida, nos baques e traumas, cobranças sociais, inversão de papéis, queima de sutiã em praça pública, hehehe, e por aí vai).

De qualquer forma, deixando de lado minhas viagens psicanalíticas, sociais ou seja lá o nome que for, estamos em constante mutação, e em todo esse processo, conseguirmos entender o que realmente somos e o que buscamos chega a ser o maior dos desafios.

Confira através do link abaixo a matéria referida no início do texto para entender melhor a proposta desse post(copie e cole na barra do navegador)- http://360graus.terra.com.br/montanhismo/default.asp?did=27083&action=coluna

Falando em consciência, não há dúvidas de que o trabalho e o corpo físico são meios, ferramentas preciosas, que nos ajudam a realizar nossos sonhos.
O esporte é, de forma geral, um meio espetacular, pois além de proporcionar prazer - antes, durante e após a prática, nos proporciona saúde e realizações! E no final das contas, um corpitcho legal...WOW!!!

Ainda sobre corpo físico e espiritual, a ciência busca explicar muita coisa através de estudos modernos. Porém, mesmo quando ela explica, prova, demonstra, comprova e alerta, o homem continua aqui, fingindo que nada vai acontecer! Vejo muitos idealistas que defendem a ciência e lêem sobre tudo, jogando papel no chão...'Ah... Só um papelzinho de chiclete...'

Mesmo ouvindo as revelações da ciência, confesso que questiono a existência de uma força maior, sem fechar os olhos para um mundo, inegavelmente, cada vez mais caótico, desordenado, competitivo, em surto... Mundo esse no qual, justamente, falta de trabalho e oportunidade são alguns dos reflexos dessa desordem. E os terapeutas agradecem...

Aproveitando ao máximo toda essa ferramenta moderna que é a internet, deixo aqui a primeira parte de um documentário, que traz o relato de um representante de uma antiga tribo indígena norte-americana chamada Hopi, falando um pouco sobre essa consciência superior a que me refiri acima!

Acredita-se que tal tribo (Hopi - pessoa pacífica/civilizada) é a mais antiga de nativos norte-americanos vivendo no mesmo lugar. Há mais de mil anos, eles habitam uma árida região no Noroeste do Arizona, sobrevivendo do plantio de milho e plantas, e cuidando da água e da terra.
Além disso, construíram seus povoados em plataformas rochosas elevadas por razões defensivas. Hum, talvez eles tivessem um conhecimento avançado sobre as placas tectônicas há mil anos atrás e preveram as cagadas que o homem iria fazer desmatando desordenadamente... VAi saber!?
No mínimo, curioso!

De certa forma, tanta reflexão, seja ela fruto da mente em busca da paz e consolo, ou realmente fruto de uma força espiritual, nos faz perceber que cada ser-humano é único e tem um importante papel na ordem universal, não é mesmo? Tomara!

Aí vai o guru do post... finalmente! Uma ótima viagem a vcs!



Feliz 2009 a todos, repleto de amor, saúde, paz, encontros e realizações!

domingo, 21 de dezembro de 2008

Bem-aventurados pelo mundo...


Olás!

A idéia do 'Crepúsculo', exposta no post anterior, concretizou-se este final de semana, em todas as suas interpretações...

Aproveito para agradecer o envio da linda fotografia publicada acima, realizada pelo companheiro Rasta, em Santa Bárbara, Califórnia. Obrigada!

Quanto ao filme que leva o nome de tal fenômeno, apesar de teenager e um tanto quanto místico, ele agrada... Positivo não só pela fotografia, como pelo belíssimo ator principal que nos leva rapidinho ao topo das montanhas com seus poderes sobre-naturais...

Na vida real, subindo paredes e em destaque como entrevistada na edição de janeiro de 2009 da revista Climbing, está a escaladora americana Steph Davis, que escala torres do deserto em Arches (Moab) e big walls em Yosemite.

A bem-aventurada escolheu Moab (Utah, EUA) para morar, esquece da vida escalando por lá no inverno e desloca-se para Rifle (Colorado) no verão.

Ainda neste inverno americano, Steph tem planos de escalar em Indian Creek, e fará uma rápida viagem no fim de janeiro à Itália, para acompanhar o lançamento de seu livro traduzido para o italiano, no Lecco Film Festival.

Tenho que concordar com a americana sobre a falésia de Rifle e o Parque de Arches - pontos maravilhosos que fazem valer a pena a trajetória, unindo beleza natural e escalada ao mesmo tempo.

Já Lecco é uma cidade no norte da Itália, onde tive a oportunidade de participar de uma competição em 2002... Eu diria que foi um momento marcante na minha vida de escaldora, afinal de contas não é sempre que se torce o cotovelo caindo de um boulder em um campeonato mundial! hehe.... Mesmo assim, tenho ótimas lembranças da cidade e da viagem, mesmo com o bracitcho engessado!

De volta à Steph, a escaladora diz acordar todo dia às 5:00 da matina e ir dormir às 8:30 da noite´realizando um trabalho naturalmente 'iluminado'. Esta é, sem dúvida, uma ótima forma de economizar luz elétrica! Vou considerar a possibilidade futuramente...rs rs

Confira a entrevista com fotos em: www.climbing.com/community/perspective/steph_davis_the_interview/

Falando em viajar, vamos de Vangelis, com uma das trilhas do inesquecível filme Blade Runner.

Me controlei para não postar a 'love-theme' e escolhi um clipezinho com aquela cena de ação do Harisson Ford 'escalando'... hehe!
Viagem merecida para o final de ano.


Boas festas e muita paz a todos em 2009.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Crepúsculo!

Xente,

Mais uma postagem do tipo 'Combo: climb-pop-corn' ...

Após atuar em um dos meus filmes favoritos da atualidade (Na natureza selvagem), a atriz Kristen Stewart (a meu ver, uma das maiores revelações de beleza do cinema este ano) volta às telas no filme 'Crepúsculo', que estréia amanhã no Brasil!

Crepúsculo (segundo o Houaiss): 1. claridade entre a noite e o nascer do sol ou entre o pôr do sol e a noite; 2. o tempo de duração dessa claridade; 3. decadência, declínio.

Um crepúsculo na montanha é inesquecível. Porém, vejamos de que forma esse fenômeno é transportado para a telinha nesta produção meio vampiresca (o trailer abaixo, ao menos, traz uns 'takes' sugestivos).

O suspense tem um toque bem teenager, (que diga-se de passagem, eu adoro), e conforme o trailer, lembra o inesquecível 'The lost boys' - produção que conta com uma das trilhas sonoras que mais marcaram os adolescentes dos anos 80... Incluindo EU, hehe!

Antes do cinema, e para quem estiver em Sampa no fds, rolam uns últimos dias de escalada na Casa de Pedra, aproveitando o final do nosso ciclo como 'Ratos' neste ano de 2008 (horósco chinês)...

Dia 22, a CP fechará para férias coletivas. Mas em 2009, estaremos todos lá... Amém meu pai!
Quero só ver como ficará nossa escalada caracterizada como 'bois'... hehehe

Brincadeiras e misticismos à parte, essa foi minha 'Combo dica' da semana, desacelerando para o Natal.

FAzendo uma retrospectiva de 2008, relembro meu crepúsculo mais marcante: exatamente no lugar onde foi clicada a foto acima, a qual abre o meu site - Local: Vale Encantado, Argentina (fev.2008).

Por isso, aos amigos que estão se programando para viajar para lá no início de 2009, desejo muita energia positiva, realizações, belíssimos crepúsculos, e 'garotos perdidos' com consciência... Seja no rio, na limpeza do acampamento e com muito respeito à vida selvagem.
Desta forma, todos nós poderemos frequentar o lugar futuramente, sem alarde.

Para encerrar, aí vai uma das trilhas sonoras que eu mais gosto do filme 'Garotos Perdidos' (1987): Cry little sister (The sisters of mercy)


De volta à 2008, eis o trailer do novíssimo Crepúsculo...


Peace, love, realizations and adventures! ;-))

Sharma manda possível 9b francês!

9b francês? O que é isso, já que nem nas tabelas de graduação ele está? Já que o assunto é escalada esportiva, é hora de reformular isso também!

O rei mundial da esportiva Chris Sharma mandou nesta quarta-feira (17) a via Golpe de Estado, um possível 9b francês, traduzido em algo como 12b no Brasil.
A via está localizada na falésia de Siurana, Espanha, e segundo o blog de Dani Andrada: www.daniandrada.blogspot.com, foi realizada em um dia nublado, após 5 dias de trabalho.

O site da climbing traz também uma entrevista com Sharma realizada por Fitz Cahall, intitulada de "The kings of the kings"...
..."In professional climbing, where talent burns hot and fast, a decade is a long time. Ankles snap. Shoulders pop from sockets. Fingers calcify. And those rare talents that don't succumb to nagging injuries often falter beneath the mental pressure."
Introduação perfeita!

A escalada é sem dúvida uma filosofia de vida que, além do contato com as montanhas e belezas sagradas, nos permite superar nossos próprios limites e satisfazer uma ambição pessoal que vai muito além do esporte.

Por isso, respeito muito, tanto Chris Sharma, como cada ser-humano que tenha o desejo de evoluir de alguma forma e realizar um sonho, seja ele qual for.



Valeu a todos vcs!

Peace and realizations!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Vida nova às CP's !

Amigos,

É com muita alegria que anuncio aqui a continuação da VIDA da Casa de Pedra Morumbi, assim como da Casa de Pedra Perdizes.

O formato de atendimento e serviço de ambas será reformulado para acompanhar a nova realidade, seguindo um padrão mais 'europeu'... Isso significa, entre outras coisas, menos funcionários ociosos, mais participação dos clientes na divulgação da casa, maior controle de inadimplência e reformulação de valores.

Após esclarecimentos e reconhecimentos de falhas na administração dos ginásios nos últimos dois anos, o proprietário Alê Silva emocionou os presentes na reunião ocorrida nesta terça-feira, demonstrando-se aberto e consciente sobre as críticas construtivas e necessidade de reformulação para que a Vida continue.

Alê fAlou sobre amor à escalada, sobre problemas inerentes à pratica vistos ao longo de 16 anos em contato com ela, e da razão misturada à emoção na hora de decidir qual das duas unidades fechar.

"A princípio, desmotivado com tantas críticas e ainda, por diversos fatores ocorridos nos últimos anos, aparentemente seria mais fácil simplesmente desistir, após tanto tempo investindo sem retorno positivo. Porém, tudo isso serviu para chacoalhar bastante, e percebermos que isso aqui tornou-se muito mais que um simples negócio, que tornou-se a segunda casa de muita gente."

A decisão, sem dúvida, envolveu metade amor, metade razão, com a ajuda real dos interessados em manter a CP ativa.

Assim que o novo formato for divulgado oficialmente pela administração, informarei aqui com precisão.

Para adiantar, os preços deverão seguir a taxa que é cobrada atualmente pela mensalidade ( +- R$ 160,00), com a diferença de que será necessário um comprometimento de anuidade dos clientes ativos, sem bolsistas, com horário reduzido:

De segunda à quinta - das 17 às 22 hs para CP Morumbi.
De segunda à sexta - das 16 às 22 hs para CP Perdizes
Sábado e domingo - das 14 às 20 hs, somente Perdizes, sendo que todos os alunos poderão frequentar as duas. *
(* a confirmar detalhes)

Em comemoração, relembremos a poesia de Oswaldo Montenegro!
Uma homenagem a cada um de vocês que ama verdadeiramente a escalada e o contato com o divino ... Sem rótulos e com respeito à individualidade e história de cada ser-humano - Metade

Agradecimentos a todos que ajudaram de alguma forma e torceram positivamente para que isso acontecesse.

"Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio.

Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
Mas a outra metade é silêncio.

Que a música que ouço ao longe
Seja linda ainda que tristeza
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade.

Que as palavras que eu falo
Não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas
Como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo.

Que essa minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que eu mereço
Que essa tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que eu penso e a outra metade é um vulcão.

Que o medo da solidão se afaste, que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.

Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso
Que eu me lembro ter dado na infância
Por que metade de mim é a lembrança do que fui
Mas a outra metade eu não sei.

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
Pra me fazer aquietar o espírito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço.

Que a arte nos aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Porque metade de mim é a platéia
A outra metade é a canção.

E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade também."

Boas escaladas e festas à todos!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Só um postzinho de política, vai?

Já que o assunto é crise, seja ela existencial, financeira, emocional, cognitiva, social, nacional, global, aí vai uma historinha pra nos deixar ainda mais pensativos e embasbacados com o Brasil!
Escalar, continuaremos escalando, seja como for. Como diria o magnífico Cazuza, 'o tempo não pára!'

E em meio às nossas aventuras, falemos um pouco de política, pra variar. Assunto que, bem ou mal, atinge a todas as classes sociais.

Especialmente dedicado aos petistas...

"Era uma vez...

Um zelador brasileiro da cidade de Natal / RN que pediu à administração do condomínio onde trabalhava que o demitissem.

Contou o motivo: tem dois cunhados desempregados, lá mesmo em Natal, e que, por conta da Bolsa Escola, Cartão Cidadão, Cartão Alimentação, Vale Gás, Transporte Gratuito, Vale-Refeição (acreditem - Vale-refeição) e demais
benefícios do nosso governo, dadas a título de esmola, vivem melhor que ele.

Aí, desacreditados, alguns brasileiros foram fazer umas continhas:
1. Bolsa escola - R$ 175 para cada filho que freqüente as aulas (suponhamos que sejam apenas dois) = R$ 350,00 (em dinheiro);
2. Cartão cidadão (cujo intuito é restituir a cidadania) = R$ 350,00 (em Dinheiro);
3. Vale gás (um por mês) = R$ 70,00;
4. Transporte (calculamos 4 passagens diárias, que é uma boa média) R$8,00/dia x 20 dias = R$ 160,00;
5. Vale refeição (um por dia) R$ 3,50/dia x 30 dias x 4 pessoas (ele a Esposa e os dois filhos) = R$ 420,00;
Total em dinheiro - R$ 700,00
Total em serviços - R$ 650,00
Total mensal - R$ 1.350,00

Obs.1 : O salário do zelador acrescido de horas extras e tudo mais girava em torno de R$ 830,00/mês.

Obs.2: Tudo isso é o estabelecido pela *LEI No 10.836, de 09 DE JANEIRO DE 2004*.

Duvida? consulte:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2004/Lei/L10.836.htm

Como o zelador tem três filhos em idade escolar, para ele é vantajoso ficar desempregado e ter esses benefícios. Seu 'salário desemprego' irá girar em torno de R$ 1.525,00, quase o dobro do que ganha trabalhando.
Como diria o Boris Casoy (expurgado da TV por se opor ao Lula): 'ISTO É UMA VERGONHA!'.

E quem paga por isso? Ho-ho-ho... não é o papai-noel!
Somos nós! Distribuir a renda, correto, mas isso é ESMOLA em exagero..."

E aí, é o zelador a quem temos que condenar?
Nem ele, nem os tantos % que usufruem de tais benefícios são loucos de reclamar, não é mesmo?!

Em avaliação divulgada hoje pelo Ibope no site UOL, o governo atual obteve novo recorde de popularidade. De acordo com o levantamento, "73% avaliaram o governo como ótimo ou bom em dezembro, contra 20% como regular. Outros 6% como ruim ou péssimo."
Em contra-partida, o número de desempregados tem aumentado... e os que trabalham, continuam fazendo horas extras...
Hum! Conclusões, conclusões???

Para ilustrar e sonorizar, merecemos mais uma vez o atemporal Cazuza... É incrível como muitas de suas canções caberiam ainda hoje nesse post - (Brasil, o tempo não pára, etc)... Porém, "ideologia, eu quero uma pra viver!"



Tanks Gui Sarmento pela mensagem!

Não sou uma jornalista crítica, muito menos criadora... Por isso mesmo, fiz jornalismo e não publicidade! hehe...
"Direito" poderia ser minha segunda opção, já que tendo a defender fracos e oprimidos a partir de acusações sem embasamento... Além disso, prezo a verdade acima de tudo, sem máscaras, sem hipocrisia, e gosto de analisar a realidade por diversos pontos de vista.

Sendo assim, apenas reportei a história acima, que encaixa-se como uma luva para pensarmos na matemática que reflete-se na realidade atual de muita gente! Escolhas, mais uma vez.

...Prós e contras de trabalhar!...
Boas reflexões a todos!

domingo, 14 de dezembro de 2008

Reunião pró CP Morumbi...

Oi pessoal,

Após algumas conversas, troca de idéias e sugestões via e-mail e telefone, foi marcada uma reunião nesta terça-feira, às 20 hs, na Casa de Pedra Morumbi para discutirmos com seu proprietário a possibilidade de manter o ginásio funcionando.
Esperamos todos os interessados lá.
Beijo, Janine

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

The Return to innocence

Love... Devotion... Feeling... Emotion...

Amigos,

Ainda não escreverei aqui a seguinte frase:
"É com imenso pesar que informo a decisão de fechamento da Casa de Pedra Morumbi"... Só o farei, quando eu acreditar.

Sua criação nasceu de uma paixão, iniciada há 15 anos atrás na 90 Graus. Seu criador apaixonou-se pelo esporte, doando-se para ver a escalada crescer já dentro da própría pioneira...Existem 'formas' e 'formas' de manifestar o amor, e de cuidar daquilo que se ama. E ele o fez à sua maneira, sem pretender passar por cima de ninguém.

Com a criação da CP MOrumbi há 10 anos atrás, a própria 90 Graus teve que empreender e melhorar... Sim, ela tomou um baque inicial. Mas é com pauladas que mais aprendemos na vida. Nessa hora, é preciso 'virar hominho' e enfretar a concorrência.

Hoje, a Casa de Pedra tomou proporções que vão além dos ginásios... Aparentemente, começou a gerar sustento de vida ao seu criador, pelas seu próprio esforço.

E então, a escalada virou somente trabalho e obrigação... pesou e sufocou...

CAda um possui uma história...Uns com mais alternativas, outros com menos... Paulo Gil, Alê Silva, Cris Sharma, Zé da Esquina, presidente Lula, Dalai Lama... E sem dúvida, todos enfrentam dilemas e não querem fazer o mal. Todos, inclusive Hitler, tinham coração. (Aff, peguei pesado hein?!)

Sendo assim, ao que parece, chegou a hora de reformular a administração da Casa de Pedra, que está inserida em um mercado aburdamente em baixa... Principalmente nos últimos 4 anos.

Todos sabem que, não só o mercado de escalada, como o mercado mundial inteiro está em crise. Empresas estão demitindo seus funcíonários antigos, 'tratando' de fazer a maior faxina...

Enxugam no que podem, pagam horas extras aos funcionários para que consigam cumprir metas e destacarem-se neste mercado competitivo... ATores e atrizes vendem suas imagens e enfretam a exposição na mídia... Ou vocês acham que é fácil ser famoso...? Ui!!!

Cada um faz as suas escolhas... Pois, sim, a vida é feita de escolhas. Não é possível abraçar o mundo de uma só vez.

Todos temos nossas responsabilidades, afinal, não conheço ninguém que ganhou na mega-sena... Mesmo se conhecesse, administrar tanto dinheiro não é tarefa das mais pacíficas... (Mas eu encararia fácil, fácil... hehehheh)

Resumindo tudo isso: Ao que parece, finalmente, no caso da CP, a razão está superando a emoção. ... Mais uma vez!

Por outro lado, é nítido que a coisa não precisava ser feita desta forma. A meu ver, a Casa de Pedra, tanto Morumbi quanto Perdizes, poderia continuar viva com todos os seus membros ativos... Não precisava desse gesso e sim de uma boa fisioterapia...
À princípio, tratando-a e privando-a de certas atividades.
Posteriormente, realizando um trabalho preventivo.

E tal tratamento, para surtir resultado, deve ser realizado de forma geral, e sem enganar. Não adianta fingir que o trabalho está sendo efetivamente realizado, quando no fundo, o elástico está frouxo, a água que deveria estar quente está fria, ou o tratamento é aplicado na região onde não está a origem da dor.

Continuando minha analogia, faço minhas palavras as citações do fisioterapeuta Pablo Scorza:
"Precisamos de um bombardeio de estímulos dinâmicos ativos, de cadeias cruzadas, treinos de 'equilíbrio' e fortalecimentos... A vitória não vem somente através de resultados, mas principalmente da maturidade espiritual, emocional... Essa é a grande ferramenta para a vitória."

"Uma imensa orquestra é dependente de cada instrumento isolado para obter o equilíbrio sonoro final."

E para finalizar:
"Não basta ficarmos apenas observando a vida, é preciso que haja interação com ela. Não basta ficarmos apenas duvidando de nossas possibilidades, é preciso acreditarmos de fato que somos capazes. Precisamos apenas encontrar nossas fraquezas e lutar pacificamente pela verdade".

Em todos os campos, se realmente acreditarmos que fizemos tudo que foi preciso, não há razões para temer.

- Sendo assim: Todos devem pagar por essa paixão.

Boa sorte a todos nessa jornada! Que todos encontrem sua real essência, descobrindo a felicidade através das ferramentas que a vida nos apresenta!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

'Maze of death' e Viva La vida!

Olás!

Passada dinâmica para divulgar a festa de Confraternização da Femesp (Federação de Montanhismo do Estado de São Paulo) que rola nesta terça-feira (9), na Galeteria MOnte Grill, a partir das 19:30!

Outro feito a comentar é a realização da americana Alex Puccio, atual campeã de boulder do circuito dos EUA, que mandou mais um V 12 em Bishop, Califórnia...(Buttermilks.. Demais!)

O boulder chama-se "Maze of Death" (Labirinto da Morte) e foi aberto por Dave Graham em 2002, ano em que a jovem Alex começava a escalar!!! 6 anos de escalada, 19 de idade e mandando tudo isso não é pra qualquer um!!!

Para contradizer o nome do boulder, e ao mesmo tempo celebrar a ascenção, nada como uma das músicas mais tocadas no momento. O disco 'Viva la vida', do Cold Play já chegou a número 1 em 36 países, de acordo com a EMI, editora da banda. Além disso, bateu recordes no iTunes, ao tornar-se o disco mais vendido em uma semana na história da plataforma informática.

Aproveitem e prestem atenção na letra desta canção que é magnífica e inteligente... Principalmente em fase pré-Natal ... "Escuto os sinos de Jerusalém tocando", canta Cris Martin em um dos refrões!

'Viva la vida'... celebrando mais um ano de escalada, luta e muita vida em todas as línguas!

Boas festas a todos com muita paz e harmonia!

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget