Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Pássaros, Urubu e Rubem Alves

Olá Foliões...

Uma das minhas grandes folias neste carnaval foi conhecer a linda via 'Pássaros de Fogo', na Urca (Pão de Açucar).

Com todo meu estilo 'esportivo' de ser, resolvi mais uma vez me jogar em uma linha 'tradicional' para curtir o visual lá de cima e aprender a utilizar muito mais os pés do que as mãos!
Afff... "É muito pé para minha cabeça"... rsrsr

Esta é uma via de 3 cordadas, de 5º grau com crux de 7º, bem positiva se comparada aos verticais e negativos que estou acostumada.

Aproveito para pedir desculpa às 'mães' dos meus parceiros e guias nesta escalada que, indiretamente, foram ofendidas com manifestações verbais espontâneas e verdadeiras, principalmente no início da via!
Se suas orelhas queimaram por volta das 9 da manhã, perdoem a mim e minha parceira Fernanda... hehehe
...
"F.d.p*#"*+#'s! Vocês disseram que quase não tinha aderêÊência! " Eca...kkk

Apesar do sol escaldante que nos atingiu na última cordada tornando a visualização das agarras o maior desafio, a escalada foi muito divertida!


Parabéns aos conquistadores André Ilha, David Austin, Sérgio Tartari e Sérgio Bruno que em 1983 desbravaram esta face da Urca, proporcionando-nos essa linda linha.

Após a 'tradicional folia', onde pressão nos pés e fé na sapatilha são fatores inerentes para progredir sem quedas, pensamos em algo mais esportivo e 'arejado' para o dia seguinte, na Pedra do URUBU.

...Além das curtas vias Oposição do Urubu, Urubunda e Aresta do Urubu, aproveitei para dar uma 'apertada' com corda de cima na via do Alemão, primeiro 10a do Brasil, aberto na metade dos anos 80 pelo lendário escalador Wolfgang Gullich...

Foi um rolêzinho rápido e superficial para visualizar de pertinho o que brasileiros como Pita, Alexandre Galvão, Half, Helmut, Coçada, Fabinho e Allan Rodrigues fizeram de força para realizar esta bela cadena batizada de Southern Confort!
Parabéns mais uma vez hombres!

Realmente..."o Rio de Janeiro continua lindo"...
Não só para escalar, como para contemplar o pôr do sol no Arpoador, nos misturarmos às diversas etnias brasileiras (e obviamente gringas neste CArnaval.. hehe), à blocos variados que ecoam desde as mais básicas marchinhas de carnaval, passando por blocos cubanos, de maracatu, até experimentos maravilhosos de percussão onde é impossível ficar parado!
Gostinho de quero mais!



Agradecimentos aos amigos presentes, especialmente ao Sblen, Fê e Boris pela energia positiva.

Aproveito ainda este 'post' para divulgar um novo relato sobre o caso do resgate no Aconcágua, onde um dos sobreviventes da tragédia disse que os socorristas "fizeram tudo que podiam” e que a missão de salvar Federico era “mais que impossível”, porque o guia “estava muito mal, e não conseguia nem mais caminhar”. Matéria completa em: http://www.altamontanha.com/colunas.asp?NewsID=1071

E já que minha parada carnavalesca envolveu Pássaros e Urubu, e proporcionou uma vivência ecumênica de diversas maneiras, indico a breve leitura de um dos meus textos favoritos de Rubem Alves, chamado "Os pássaros e os urubus" ... rsrsrs

(Abaixo destaco um trecho desta parábola ecumênica).
O texto completo pode ser acessado na net colando o endereço: http://www.rubemalves.com.br/ospassaroseosurubus.htm

..."O fato é que muitos dos que insistiram em cantar o seu próprio canto foram entregues à raposa que, como se sabe, adora a carne tenra das aves...

O resultado foi que os pássaros de muitas cores e de muitos cantos fugiram daquela floresta sinistra. Foram em busca de outras florestas onde não houvesse Urubus e onde pudessem cantar todos os seus cantos, ao mesmo tempo, e diferentes, para que assim se ouvisse a Grande Sinfonia.

Quanto aos Urubus, ficaram sozinhos na sua floresta. Os bichos que moravam lá se mudaram, porque não agüentavam mais ouvir todo dia o mesmo canto monótono, sempre igual, sem variações, sem contraponto, sem improvisações. Quanto a Deus, não é preciso dizer que floresta Ele ou Ela passou a freqüentar..."

Au revoir Urubu e Pássaros! Espero logo logo voltar às florestas e paraísos cariocas!

A todos, aquele abraço, com muita paz, alegria, realizações e união!

Um comentário:

kiko disse...

awe janine parabens show de bola o carnaval XD
muito legal
boa escaladas ai...
abrasss
rodrigo (kiko) santa catarina

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget