Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Apoio DEUTER rumo à China e Boulderfest CASA DE PEDRA

Olás!

É com muito orgulho e gratidão que anuncio esta semana minha parceria com a DEUTER, marca especializada em mochilas, sacos de dormir, acessórios para bike e hidratação, que há 110 anos aprimora seus produtos para que embarquemos em nossas maravilhosas aventuras com motivação e preparo.

Muito antes de fechar este apoio, eu já investia na marca, optando por suas mochilas estilizadas, modernas, com materiais de qualidade e acabamento impecável.

Agora, mais do que nunca, visto a camisa feliz da vida e mais uma vez, agradeço ao Valério e sócios pela fé e credibilidade, para que eu mantenha minha motivação como atleta rumo ao CAmpeonato Mundial (WCH 09) e aos Jogos Mundiais, dois eventos internacionais que acontecem em julho, na China.

Visitem o site deste meu novo parceiro e conheçam melhor a história da marca, suas promoções e novidades!

Aproveitem e participem lá no site do CONCURSO CULTURAL 'CONTE SUA AVENTURA' no Adventure Zone, e concorram a um super kit de prêmios:
http://www.deuter.com.br/

Mesmo com o mercado comprometido, esta parceria veio como um reconhecimento da empresa, principalmente após o convite da Federação Internacional de Escalada para que eu participasse no Shangai Rock Máster, evento que acontece no próximo final de semana na China, para pouquíssimos convidados...

Porém, apesar da Associação Chinesa oferecer um apoio de passagens, estadia e alimentação, alçarei vôos internacionais apenas para os eventos de julho, em função não só da correira com passagens e vistos emergenciais para a China neste momento, como pela minha performance que ainda não está no ponto que eu gostaria...
Sem falar dos dias longe da rotina da minha filha durante o período escolar!

Sendo assim, entrarei com minha mochila Deuter em julho na China, com o pé direito, com calma e programação...rsrs

Desejo muita sorte, concentração e FÉ ao meu amigo César Grosso, que com apoio da Deuter e de algumas outras empresas, embarcará esta semana para o Shangai Rock Máster!
Kamon Cesinha! Estaremos torcendo!

Falando em performance, os meus treinos continuam firmes e focados na Casa de Pedra, com muita travessia e, conforme a previsão da última semana, muito ácido láctico correndo nas veias...rsrs...

Para motivar ainda mais os treinos de seus alunos, a Casa de Pedra está organizando para o mês de junho um Festival de Boulder...

O Boulderfest acontece no dia 6 de junho, e será dividido em duas fases:

1º FASE - A primeira fase acontece pela manhã na unidade Perdizes, onde os participantes da categoria "Diversão" escalarão livremente por mais de 50 boulders dos mais variados graus de dificuldade, sem estresse e sem juízes, apenas para curtir a escalada, o som e os amigos!
Ainda pela manhã, os atletas da categoria "Competição", deverão escalar durante o festival alguns boulders selecionados, que servirão como eliminatória para a segunda fase que acontece à tarde.
2º FASE - A segunda fase será realizada na unidade da Chácara Sto. Antônio apenas para os 20 atletas pré-selecionados durante o “festival” (1º fase). Serão 5 boulderes de dificuldade progressiva, escalados em rodadas eliminatórias, onde apenas 2 escaladores se enfrentarão na grande final.

Em breve divulgarei mais detalhes sobre horários e regulamento do Boulderfest que, além de muuuuuita diversão, oferecerá sorteios de prêmios Deuter, Salomon, Solo e Columbia, e premiações recheadas para a categoria competição.

Mais uma vez, obrigada pelo apoio vindo de cada amigo e amiga presente de alguma forma em meus dias, por cada palavra, cada intenção, cada valorização em meio às dificuldades de ser uma escaladora brasileira, apaixonada pelo desafio da competição! rsrs

Essa semana, comemoremos com uma produção nacional que desde sempre eu adoro...
O Rappa...

"Se eu ousar catar na superfície de qualquer manhá,
As palavras de um livro sem final!
Sem final!
Valeu a pena... Sou pescador de ilusões!"

Boas escaladas a todos,
Jan

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Boulder e foco rumo à China


Ois!
"Que programa de índio é esse de ficar subindo e descendo pedras pelo lado mais difícil, hein?", perguntam alguns leigos sobre essa grande paixão do escalador chamada boulder!

Neste caso, assim como cantou 'Baby do Brasil' (hehe), toda turma reunida esse final de semana no Pontão da Fortaleza, em Ubatuba, poderia aproveitar o 'rótulo' e cantarolar que "todo dia, era dia de índio!", uma vez que boulder foi o foco do Feriado, (principalmente no dia do índio)!

Para mim, sempre uma curumim, rsrs, mais do que praticar boulder e fazer força, me deleito no contexto em que esta prática está inserida, socializando as 'tribos'!



Como 'de lei' no Pontão, fizemos muito boulder nesses 2 feriados, rimos bastante, assistimos a pequenas conquistas e evoluções de movimentos, mergulhamos no mar, descansamos, aproveitando cada momento, cada um de nós de maneira única!

Ainda socializando, combinamos um encontro noturno com a 'tribo toda' para o vinho merecido pós escalada, com conversa fiada à beira mar, finalizando a noite em um trepa-trepa infantil sugestivo, para crianças de todas as idades!

Com ajuda extra dos 'nutrientes' do vinho tinto oriundo de diversas safras e tipos de uvas, criamos desafiadores lances nos canos do brinquedo...
Foto dos anjos da noite ...

Além disso, o feriado de Tiradentes foi especial não só pela escalada, como pelo contato com meus sobrinhos lindos, Ana e Nicholas; com o Enzo, filho de 2 anos do querido amigo e super paizão Margutcho,(obviamente, Enzo já foi introduzido nos boulderecos, hehe); pela interação com todos os amigos presentes, em especial, com minha irmã amada que há um bom tempo está afastada da escalada, e mesmo assim, continua forte e companheira nas nossas aventuras da vida!!!
Paloma em ação...


Deu pra relaxar geraaaal e, fazer uma boa 'forcinha' para o corpitcho não esquecer que os treinos continuam firmes e focados esta semana.... Visando o Campeonato Mundial no final de junho e o World Games em julho na CHINA!!!

Muita movimentação, ácido láctico e dedicação!
Kamon!
Adorei pessoal...
Paloma, Purga e seu violão, Lucas, Raina, Mel, Adriano, Alex, Lidia, Rodrigo e namo, Mário, Enzo, Nicolas, Ana, Luzia, Antônio, Luciana, Mag e todos os presentes de alguma forma em minha vida neste feriado... Obrigada por cada momento compartilhado! beijos a todos, com muita escalada e força na peruca!
É nóix...
video
Jan

segunda-feira, 13 de abril de 2009

'Santa'Escalada em São Bento...

Olás!

O feriado de Páscoa rendeu, além de patinhas de coelho desenhadas com fubá e ovos de chocolate para a minha filhota, a minha estréia na Pedra da ANA CHATA, em São Bento do SApucaí!

Pois é!
Após 16 anos escalando, muitos deles vividos ali pertinho na Pedra do Baú, ainda não tinha tocado minhas mãozinhas na rocha aderente e gostosa da Ana Chata!

Minha primeira escalada rumo ao seu cume foi neste último sábado, pela via 'Justiçeiros', 6º sup de 3 cordadas, sendo que a última delas conta com um negativão muito bacana!

A via oferece algumas proteções em móvel, com um início levemente positivo, lances técnicos, com proteções distantes durante todo o trajeto e partes quebradiças, principalmente um pouco antes do crux na terceira cordada...
Quem me guiou na maior pressão nesta escalada foi o escalador Magnus Gut., que já conhecia bem a linha toda. Mandou muuuito bem!

Segundo o conquistador da via, Eliseu Frechou, a via foi aberta na época em que seu companheiro de conquista, Márcio Bruno, ainda usava calças coloridas de lycra!! rsrs
(Em breve conseguirei uma fotita desse momento histórico da escalada brasileira.. hehe)

Já no cume, encontramos 3 companheiros de Brasília que malhavam uns boulders dos quais uma queda muito ampla para trás pode significar um vôo Ana Chata abaixo...

Sendo assim, o segurador de corpo merece uma segurança de corpo também, ou uma ancoragem... Siniiissstro, mas muuuito legal!



A salvos, seguimos para a via 'Assunto Pendente', 9a de quatro chapas, na face da Ana Chata que dá vista para Campos de Jordão.
Após algumas tentativas no crux boulderístico, consegui isolá-lo! Aproveito para agradecer ao amigo escalador Márcio Rosa que me passou os betas dos movimentos!

Resumindo, o lance requer equilíbrio e potência para realizar a chamada em um reglete aberto com a mão esquerda e um abauladin bem ruim com a mão direita, rumo a um reglete razoável longe para a direita!
O pé esquerdo fica numa saliência de 'me'#%$*', meio alto, e o pé direito eu deixei solto.

Entre a seleção musical do momento, tive 'Crash into me', que me concedeu bons ânimos para 'crash into the far hold'... hehehe!
(Aliás, clipezinho mmuito 'viagem' desta música do Dave Matthews no You tube:www.youtube.com/watch?v=oQ_Nf7yGxbc)

Dia perfeito de escalada em comemoração ao meu aniversário de 35 aninhos, ocorrido dois dias antes!

Enquanto isso, estava o conquistador dessas duas vias - Justiçeiros e Assunto Pendente, Eliseu, escalando a via Parque dos Dinossauros, na bunda do Baú, dividindo as cordadas com o campeão brasileiro César Grosso e com o MB!

Acompanhe essa escalada do trio no blog do Cesinha:http://cesargrosso.wordpress.com...

Aproveite para saber o que é Espectro de Broken, hahaha, um fenômeno da natureza formado no céu durante o sábado, visualizado e registrado pelo trio no fim de tarde no Baú!
Não vi a formação, mas parece que ela estava lá...

No domingo, cansados do 'dia' anterior, fizemos a via Electra, clássica via de 4º/V grau, com 7 cordadas na Ana Chata, aberta em 1989 por Eliseu Frechou, Paulo Tarso e Beth Frechou... todos usando quichutes! Histórico também!

Escalamos esta via em 3 pessoas, praticamente toda 'em simultâneo'... Eu, o Alex Gessner e o Magnus... Muuuuito alto astral a linha toda!


O Mag, que já conhecia bem a via, guiou as 4 primeiras cordadas e o Alex teve o deleite de guiar um lindo pedaço inteiramente em móvel, cordada que começa em um platô abençoado por uma árvore no meio da parede e segue por uma fenda alucinante... Pegas enoormes! Delícia de cordada...
Via bem relax, principalmente para quem está escalando no 'meinho' como eu!!!
(Essa via dá pra guiar na boa, meninas!!!)

Enquanto isso, outra fera estava apavorando em São Bento do Sapúcaí nesta Páscoa!

Andre Berezoski, o Belê, mandou nesta sexta-feira santa seu projeto de boulder, um V 14 batizado de "Dia SAnto"! Presente de aniversário mais do que merecido para esse irmão de escalada que completa hoje 32 anos!
Múltiplos Parabéns Belê!!!
Confira o relato dessa cadena em:
http://www.bele.com.br/noticias_view.php?noticia_id=28

Ao que parece, ressurreição acontece realmente, não é mesmo?
Afinal, essa Páscoa foi marcada por realizações que renovaram nossas energias, nos deram mais forças para seguir com muita pressão e motivação!

Após a luta e a dor durante uma escalada, que todos renasçam e enxerguem lindos espectros da natureza pelo caminho! hehehe

Para fechar a postagem da semana, para quem nunca leu, aí vai a lenda dos 3 irmãos - Monte Barão, Ana Chata e Silvané!

"A lenda dos três irmãos – O castigo de um pecado:
“MONTE BARÃO chamava-se o irmão mais velho, que possuía uma força de vontade muito grande, sacrificava sua mocidade em louvor a um Deus sempre presente, em seu coração puro”.

ANA e SILVANÉ eram suas irmãs e o acompanhavam em sua crença. ANA era baixa, feia e rústica, mas uma pessoa simples e devotada a uma vida santificada, por estas características foi apelidada de ANA CHATA.

SILVANÉ era bela, exuberante, formosa e vaidosa. Passava horas se contemplando no reflexo das águas dos lagos...

Foi nesta vaidade, que Lúcifer encontrou uma brecha para atacar o reduto de fé, formado por MONTE BARÃO e ANA CHATA.

Numa tarde retornando de uma feliz caçada, MONTE BARÃO encontrou Silvané tão meiga e linda, e se perturbou intimamente a ponto de passar a noite toda meditando. Em questão de horas, sua aparência mudou e seus cabelos envelheceram, tamanho o conflito que enfrentava. Gigante em sua fé viu-se reduzido ao mais mesquinho dos seres humanos, estava apaixonado por sua irmã.

Ao amanhecer, MONTE BARÃO e ANA CHATA tiveram uma visão: Se os irmãos se tocassem como homem e mulher, se transformariam em pedras, e aconteceu!

Neste momento a natureza, ofendida em sua pureza, reagiu tornando o dia em noite, o céu se fechou em meio a raios e relâmpagos.

Na alvorada do dia seguinte a paisagem da floresta estava mudada, os três irmãos se transformaram em pedras mantendo suas características físicas; ANA CHATA se transformou num rochedo rústico e mais baixo que seus irmãos, SILVANÉ (BAUZINHO) manteve suas formas provocantes e traiçoeiras, MONTE BARÃO forte e imponente, continua unido ao seu máximo pecado numa eterna oração de amor...”

Boas escaladas, com amor, paz, saúde e realizações a todos!

segunda-feira, 6 de abril de 2009

SÓLIDAxS ILUSÕExS em SALINAxS...

Olás!

Abrindo o post da semana com Ilusão da Marisa Monte com Julieta Venegas pra sonorizar!!! Parceria feminina muito boa também!


A semana que passou foi marcada por um re-início e pela realização de mais um sonho!
Re-início pois, mesmo não tendo parado de escalar durante os 3 primeiros meses de 2009, decidi definitivamente competir no World Games em julho na China. (Apoios são sempre bem vindos... Claro!)

Tenho que transformar essa 'ilusão' em algo 'sólido'... hehe... Não dá pra deixar passar, tendo tudo pago em um evento como esse, em um continente asiático!
Agradeço a todos que tem se proposto a ajudar!

Para isso, re-iniciei meus treinos oficiais escalando algumas vias à vista na Casa de Pedra Perdizes e Casa de Pedra Morumbi, visando perceber melhor uma evolução de performance daqui a 3 meses. (Oxalá! rsrsr)

Já a realização de um sonho se deve à minha ida à Salinas, no Rio de Janeiro, na semana do meu aniversário!

Meu primeiro desejo em conhecer esse paraíso do montanhismo surgiu exatamente há um ano atrás, com o convite dos queridos Bito Meyer e karina Filgueiras para escalar a Face Leste do Pico Maior.
Por inúmeras razões, não realizamos esta trip juntos ainda.

Porém, neste final de semana que passou, finalmente respirei os ares, senti os receios e comecei a perceber as escaladas de Salinas, acompanhada de montanhistas que me mostraram um pouco mais dessa 'face' do montanhismo tradicional, me guiando em um 'simples E3', levemente molhado, rumo ao cume do Capacete!

No sábado, a intenção era de fato escalar a Face Leste do Pico Maior, escalada planejada com o montanhista Boris Flegr.

Após uma noite um pouco chuvosa e um início de manhã sem chuva, toda a turma alojada no refúgio do Sérgio Tartari encontrou-se às 6 hs para o café da manhã.. E toca falar sobre o erro da maioria dos sites de previsão do tempo que não preveram chuva e sobre as possibilidades de escalada do dia, uma vez que a neblina densa cobria completamente os 3 picos e o Capacete...(tem um mooooonte de rocha atrás dessa parte branca na foto abaixo...)


Levados pela premissa de que "a desistência da escalada só acontece na base da parede", a maioria partiu com pensamento positivo, considerando que, no mínimo, o dia renderia uma boa caminhada e diversão.

Após 1 hora e 40 minutos de caminhada íngreme, lá estava eu tocando as primeiras agarras encharcadas da 'Leste', no Pico Maior (ô início mais positivo e liso sôr!) ...condição molhada que já prevíamos após percorrer a trilha com a folhagem cada vez mais úmida!


Pôxa!... De fato eu não acreditava que não escalaria em Salinas desta vez!

Conformados, partimos para mais um pouco de caminhada para que eu conhecesse o Vale dos Deuses (com um toque de névoas interessante neste dia!)...


Sem chances de escalar, voltamos para o abrigo para acompanhar os preparativos do aniversário do montanhista Dex, festerê que aconteceu algumas horas mais tarde, com o delicioso rodízio de pizza caseira do Casal TArtari. Um luuuxo!


Entre uma rodada e outra, dá-lhe conversa de montanhista, uma vez que, além de tudo, entre nós estava um grande contador de histórias - mais um vez, Waldecy Lucena, autor do já citado aqui "Histórias do Montanhismo no RJ"... (GAnhei um exemplar! hehe.. só faltou autografar, né Wal!!!)

Sem prever uma melhora de tempo, fomos dormir, felizes simplesmente por estar lá reunidos naquele lugar que lembra muito a energia do Complexo do Baú em São Paulo!

E eis que, no domingo, fomos presenteados com um dia de sol iluminando os 3 picos e o Capacete da forma mais limpa que se pode almejar! (Tostando inclusive minhas costas!)

Conforme planejado anteriormente, partimos rumo à via Solidas Ilusões, no Capacete... Nesta escalada, todo o carboidrato consumido na noite anterior foi certamente consumido...

Esta via fora aberta por Carlos Ribeiro Filho e Marcello Ramos em 1988 e até pouco tempo atrás era um E5... Isso até o próprio RAmos, anos após a abertura, entrar na via e considerar a belíssima linha um tanto quanto restrita...

Sendo assim, ele concedeu algumas outras proteções à linha para que mais escaladores pudessem usufruir de Sólidas Ilusões rumo ao cume... Ainda assim, a via é um E3, V, com o toque de uma cordada mais esportiva localizada em um maravilhoso diedro lá pela 10ª cordada!

Mesmo cansadona após as cordadas anteriores, fiquei em êxtase com a beleza dos movimentos deste diedro, concedendo-nos lindos movimentos de oposição graças à uma fenda abaixo dele, com o toque de uma chapeleta brilhando bem no crux rumo à virada!

Sem contar as boas risadas durante a escalada dividida com mais 4 companheiros pra lá de alto astral conhecidos como Misters Show, Play, Leaozinho e Brócolis que imitavam minha gíria paulixsssta... "Ô mêu... "

Sendo assim... eu entrei na onda carioca do "Qualé merrrrmão!?"... (Tudo bem, dei a cara pra bater com esse vídeozinho abaixo...rsrs...Pode apedrejar que de pedra eu gosto!)
video
SÓLIDAxS ILUSÕExS: D3,Vº, E3, 11 esticões, 450 metros.

O cume, finalmente, estava magnífico... não existe outra palavra!
Valeu demais!

Melhor ainda foi saber que a linha de rapél para descer do CApacete (fazer o que né?) seria em outra linha mais curta, obrigando-me a apenas 2 rapéis e meio.
(O rapél do CApacete costuma ser pela via Sérgio Jacob - 150m).

Mais informações sobre Salinas em http://www.viacrux.net/salinas/Index/00InfoSalinas/index.htm# ...
E sobre livros de montanha em: http://www.montanhar.com.br

Alma alimentada pela escalada e pelos seres presentes, a semana me aguarda com mais treinos, trabalho e, como sempre, muito otimismo...

A Face Leste ficou para uma próxima... Quem sabe, realizarei mais esse simples desejo dividindo a cordada com os meus primeiros incentivadores Bito, Karina, e quem mais quiser estar lá!

Boas escaladas a todos, com muita paz e realizações!
beijos, Jan

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget