Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

'LIFE SKILLS' em Itatiaia

Link com fotos desta vivência!!!
http://picasaweb.google.com.br/fernandozara/StNicolas
Aconteceu na última semana mais uma viagem do programa 'Life Skills' do Colégio Saint Nicholas, organizada e realizada pela Treehouse em Itatiaia.

Durante 3 dias, nossa equipe esteve em contato com 28 crianças e alguns professores, todos vivendo momentos de doação e muita responsabilidade, trabalhando valores como respeito, união, cooperação e independência, expandindo assim a zona de conforto em meio às belezas deste incrível Parque Nacional.

Programas como esse, realizado com o colégio Saint Nicholas, visam aprofundar valores humanos dos alunos diante de desafios na montanha que facilitam uma visão mais clara sobre a grandeza da vida, colocando em prática ainda a responsabilidade social e ambiental.

Nesta vivência, em conjunto com uma equipe iluminada, atuei como facilitadora, orientando os alunos na montagem de barracas do acampamento (realizado no Alsene), auxiliando-os no preparo das refeições, limpeza do ambiente, na segurança durante as trilhas e escaladas das Prateleiras e Morro do Camelo, na navegação e trilha para a Pedra Furada, além de avaliar a prática da língua inglesa do grupo.

Apesar do cansaço, foi mais uma bela experiência de comunhão e aprendizado, proporcionando momentos de muitas descobertas a cada serzinho presente.

O clima do primeiro dia estava encoberto, um pouco chuvoso e frio, o que fez com que os alunos superassem, logo de cara, essa barreira durante as trilhas e tentativas de escaladas e rapel.

Em meio a tudo isso, o preparo dos jantares foi um dos pontos altos para muitos, que após alimentarem-se, foram divididos em grupos para realizar a limpeza.

O processo de escalaminhada das Prateleiras começou às 6:30 hs do dia seguinte, após uma noite bem fria, com uma prática de Yoga no topo de uma colina, em um dia azul e ensolarado acima das nuvens.


A prática ajudou a despertar a turma, com exercicios de saudação ao sol e alongamento, deixando o grupo ainda mais centrado para encarar os desafios do dia.


O pico das Prateleiras está situado a 2548 metros de altitude e requer uma perfeita logística de segurança e técnicas verticais, principalmente tratando-se de um grupo grande de alunos.

Por trás de cada olhar, muitas vezes amendrontado e cansado, jovens de 12 a 13 anos ampliavam seus horizontes, transmitindo um brilho especial e único que me encantava a cada lance.

Em muitos desses alunos, de alguma forma, eu 'via' a mim mesma...

...E poder guiá-los por um caminho que eu acredito é algo que não tem preço.

Em alguns, o medo e o cansaço encobria e freava um potencial enorme inerente à toda alma, sedenta apenas por uma ajuda, por uma 'mão' e uma 'palavra' para se reerguer.

E assim, nossa 'mão' estava lá, com muito carinho.

Em cada movimento e dificuldade, em cada proteção e manifestação, em cada conversa e silêncio na trilha, em cada mosquetão e cadeirinha conferidos, em cada dica na escalada, novas penas eram reveladas para se voar mais alto.

Antes das 14 hs estavámos no Jardim Suspenso, atingindo, enfim, o cume às 14:30 hs!!!

Parabéns aos alunos e professores pelo comprometimento.


Obrigada pela confiança e pela comunhão em mais essa vivência.

“Coragem é resistência ao medo, domínio do medo, e não ausência do medo.” (Mark Twain).

E que todas as flores continuem a ser regadas...

Saudades enormes de todos e até a próxima queridos!


Namastê,
Janine

domingo, 20 de setembro de 2009

Mergulhando...

+ Mulheres no montanhismo.
+ ROKAZ BLOC - Festival de Boulder em BH
---------------------------------------------------------
Olás!

Como gosto de 'mergulhar' em tudo que faço, desta vez posso aplicar o sentido mais literal da palavra ao falar que mergulhei esse final de semana!!! hehehe


Finalmente tive a oportunidade de realizar meu primeiro mergulho com cilindro em águas salgadas, sentindo uma sensação de comprometimento e deslumbramento parecida com as sensações que a escalada me proporciona!

Há alguns anos atrás, fiz um curso de mergulho, porém no dia de realizar a descida mais profunda tive problemas para compensar.

Após passar pelo otorrinolaringologista (afff... ) e ele me tranquilizar de que estava tudo ok, concluímos que meu problema na ocasião deve ter sido um resfriado ou erro na compensação.

Graças a um trabalho visando realizar um check list detalhado e minucioso de tudo que envolverá uma vivência de trilhas e mergulho com um grupo escolar, tive novamente a oportunidade de mergulhar.

Assim como a escalada em rocha, o mergulho exige comprometimento e muita atenção em cada respirada, em cada momento, sempre ligada nas técnicas de segurança.

Curioso como se pode um dia estar no topo de uma montanha e no outro no fundo do oceano, e da mesma forma, sentir uma força gigantesca, uma sensação de liberdade junto com responsabilidade e paixão pela vida.

Além do mergulho, meu grupo pôde acompanhar um treinamento de dive masters que realizavam uma reciclagem sobre resgate no mar.

Entre as técnicas, visualizamos a simulação de resgate com forte correnteza, fazendo com que os mergulhadores tivessem que se organizar e montar uma estratégia de comunicação para encontrar a 'vítima' em baixo d'água.

Outra técnica treinada foi a retirada da vítima desacordada com o auxílio de uma corda posicionada nas costas para realizar o içamento.

E para finalizar, mais uma vez acompanhei uma simulação de RCP (Recuperação Cardio-Pulmonar), procedimento que costuma salvar muitas vítimas por afogamento.

Após a organização de todos os detalhes para levar a criançada para mais essa aventura, com checagem e contratação de instrutores e empresas especializadas, levantamento de trilhas, alojamento e comidas, meu corpo ansiava pela próxima escaladinha!!!

Enganada pelas previsões que insistiam em 90% de chuva para o domingo em São Bento do Sapucaí e arredores, a sede pela escalada foi amenizada por uma sequência de vias na Casa de Pedra Perdizes!

Cada vez mais tendenciosa a vias longas, me diverti guiando uma sequência de vias técnicas e verticais... Mais uma vez pude ter a certeza de que um 7c de regleteira hiper técnico pode dar mais trabalho do que um 8b esportivo no negativo quando não se pratica muito tal estilo...

E vamu que vamu, com muito esporte e paixão!!! Em resina, em rocha, na cidade grande, nas montanhas, no mar...

Obrigada a todos que dividiram esses ótimos momentos em Ilha Bela e até a próxima!
---------------------------------------------------------------------------------

MULHERES NO MONTANHISMO

Após finalizar minha palestra no estande da ABETA na Adventure Sports Fair, meu amigo Pedro Hauck me lançou uma questão:

"Vejo que existem muitas mulheres praticando a escalada pelo mundo e gostaria de saber por que você acha que no Brasil não existe um número significativo de mulheres que se lançam no montanhismo?"

Na ocasião, respondi que, resumindo, acredito que a mulher possui uma natureza delicada voltada mais a cuidar da prole e se resguardar, e que por mais que muitas não cheguem a ser mães, naturalmente a mulher foi 'feita' para procriar.

Pode-se dizer até que a própria TPM (Tensão pré-menstrual) é uma frustração do corpo feminino por não ter engravidado...

Porém, repensei essa questão pensando não só em mim, como em muitas mulheres que praticam o montanhismo pelo Brasil e pelo mundo, que igualam-se a muitos homens, e ao mesmo tempo não deixam de ser femininas, delicadas e mães.

Sendo assim, discuti um pouco o tema com o Pedro e percebi que ao menos no Brasil, o bloqueio é muito mais cultural do que uma questão de natureza.

A meu ver, tal bloqueio começa no fato de que apesar da mulher brasileira não utilizar a burca como nos países do oriente, a maioria dos brasileiros e brasileiras possui uma visão machista e preconceituosa, e isso reflete-se na escolha de atividades, entre elas as esportivas.

Sem dúvida, o Brasil 'castiga' as mulheres a serem escravas de um papel delicado, o que algumas superam, correndo atrás de uma essência que está por trás desse paradigma...

E para piorar ainda mais, o Brasil é um dos maiores ícones de beleza feminina e de certa forma essa imagem ajuda a frear que muitas mulheres sigam sua verdadeira natureza, massacradas por esse culto à perfeição exterior.

Sendo assim, a manutenção dos cabelos impecáveis, da pele jovem e hidratada, das unhas feitas, do corpo sem muitos músculos, sem roxos nas pernas, do perfume criado em laboratórios superando a essência natural, sem cicatrizes que marquem e relembrem uma história transformam as mulheres em criaturas em séries... e cheias de medo.

Medo de não conseguir, medo de se machucarem, medo de não serem aprovadas... medos.... E o medo as afasta da plenitude e faz com que vivam a busca por uma vida imposta pela sociedade...e NA sociedade.

Resumindo, o homem admira uma mulher que tenha coragem, resistência ao medo, controle do medo, mas no final das contas, ele também é regido por aquela imagem de mulher que será o modelo de mãe perfeita, aquela que foi feita para procriar enquanto ele 'caça'.

Sendo assim, atingir os cumes mais altos, desbrasvar montanhas e mares é um modelo de vida que pode ser vivido plenamente quando os estímulos externos e culturais permitem, não julgam e não condenam, ou quando não se tem medo de seguir o coração e o impulso interior.

O próprio Pedro Hauck me disse que escalou com algumas mulheres muito fortes que não ficavam atrás em nada durante as escaladas.

Concluímos então que não há impedimentos físicos para a mulher.

Concluímos ainda que pessoas, homens ou mulheres, que escolhem praticar atividades de aventura apenas pela imagem "descolada" que isso proporciona, acabam desistindo pois não 'mergulham' verdadeiramente no espírito.

"Acho que escalada e montanhismo é algo dificil mesmo e poucas pessoas se aprofundam. Claro que com uma cultura machista, das poucas meninas que começam, menos ainda são as que chegarão à nivel avançado, e infelizmente é isso o que tem acontecido, vide o campeonato paulista deste ano, que só teve uma menina inscrita", comentou Pedro em uma de nossas conversas.

Sendo assim, GO DEEP e acredite no seu potencial...
SEja na hora de ser mãe, ser pai, ser montanhista, ser um profissional, sejamos intensos, entregues e verdadeiros sejam qual forem as escolhas...

...Indenpendente de sexo, religião, raça, mergulhemos despidos de qualquer estímulo que vá contra a nossa natureza.

----------------------------------------
ROKAZ BLOC - Festival de Boulder em Belo Horizonte

Depois do enorme sucesso da primeira edição, vai rolar a segunda edição do Rokaz Bloc, o festival de boulder da Rokaz.
O evento acontecerá no dia 26 de setembro das 14:00 às 17:00 hs.
Quem criará os 40 boulders de V0 a V10 será o Belê, então o evento promete muita qualidade e diversão!
Mais informações em:
http://www.altamontanha.com/colunas.asp?NewsID=1714

Boas descobertas e muito luz a todos nós,
beijo,
Janine

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Desafio North Face ... pernada de 33 km!

----------------------------------------------------------------------------
+ Divulgados os filmes que concorrerão ao BANFF 2009
http://www.filmesdemontanha.com.br/mostra2009.htm
+ Adventure Sports Fair perdendo a essÊncia...
+ Palestra: Introspecção, Desafio, Superação e Comunhão no Montanhismo
+ Felipe Pikuira em 6º lugar no europeu juvenil....
-------------------------------------------

Olás!

Meu final de semana foi marcado pela força de muitos atletas presentes na corrida da North FAce ao lado do ultra-maratonista Dean Karnazes!

A convite da marca, participei do trecho inicial proposto, largando da Frutaria SP (Hélio Pelegrino), realizando a clássica volta externa do PArque do Ibirapuera (treininho básico de corrida, cuidado com as raízes durante a noite... hehe!!!) e mais alguns trechos internos...



Dali, seguimos rumo ao Parque da Independência, com a beleza de seu paisagismo e de sua construção iluminada durante a noite surpreendendo DEan.

Seguimos correndo para o parque da Aclimação...

Confesso que as descidas neste trecho foram o 'crux' para mim, pois meus joelhinhos envoltos por uma musculatura leve voltada à performance na escalada esportiva começaram a reclamar!

Porém, como um pouco de dor já estava na minha planilha, toquei firme e forte até chegar ao Mercado Municipal e concluir os 33 km, comemorando ao lado do meu pai essa cadena! heheh

Já meu pai, também ultra-maratonista que me motiva a correr desde meus 15 anos de idade, somou a esses 33 km mais 44 km no dia seguinte, partindo do Parque Alfredo Volpi até a chegada do desafio no Shopping Morumbi...

Ou seja, o Cardosão fez 3 cordadas, ops, pernadas desse desafio, totalizando 77 km dos 152 km percorridos por Dean em São Paulo em 24 horas. Super orgulho do meu paizão!!!

Mesmo com 3 costelas quebradas após uma queda em uma corrida de montanha, DEan seguiu firme motivando cada turma dividida pelos diferentes trechos.
Confira detalhes desse desafio em:
http://www.thenorthface.com.br/desafio24horas/

Quando as costelas do Dean melhorarem, é minha vez de convidá-lo para uma escaladinha.... hehehe

Valeu a energia positiva galera!!!
E falando em energia, confiram atitudes sustentáveis da North FAce acessando a página:
http://www.thenorthface.com.br/sustenta.html

Enquanto isso, rolou mais uma edição da Adventure Sports FAir no Pavilhão da Imigrantes...

Durante minhas visitas à feira, percebi que esse evento de aventura está cada vez mais perdendo sua identidade, mas procura manter-se vivo a todo custo.
Poucos estandes remetem ao montanhismo puro e às atividades outdoor, ou pelo menos à essência que me atrai....

Em contra-partida, gostaria de destacar mais uma vez o trabalho da equipe da revista Aventura& Ação, que este mês traz uma lindíssima edição comemorativa de seus 11 anos.
A revista é super completa, e além do espírito das atividades ao ar livre, aprofunda-se a cada edição em assuntos ambientais, com uma política sustentável hiper consciente.

Desde seu lançamento, acompanho cada edição da revista que ao longo desses anos foi sofrendo adaptações para oferecer um conteúdo, lay-out e imagem à altura da natureza.

Sua evolução é incrível, com páginas recheadas de destinos e informações produzidas em campo com muito carinho e dedicação.

Me orgulho em fazer parte de uma equipe de colaboradores que trabalha antes de tudo por paixão!
Parabéns ao Ricardo Contel, editor da A&A, e a todos os participantes de mais essa bela edição!

Outra presença (entre outras) que mantém o espírito dos esportes de aventura na feira ASF é a ABETA (Associação Brasileira de Ecoturismo e Aventura) que realiza um trabalho sério em pró da realização consciente e segura de esportes de aventura.

A convite da Associação, realizei a palestra: "Introspecção, Desafio, Superação e Comunhão no Montanhismo, com foco na escalada esportiva", tema que desenvolvi inspirada nos paralelos que enxergo entre os desafios encontrados em qualquer tipo de escalada e desafios da vida.
Obrigada a todos os presentes por dividirem comigo esse momento!

Minha impressão final desse evento (que deveria motivar ainda mais a galera a praticar atividades de aventura) é que, resumindo, ele não faz o visitante 'mergulhar' na essência dos esportes outdoor...

Algumas coisas bacanas ainda fazem parte da feira, como as conhecidas atividades de aventura para crianças que ao menos remetem ao espírito de aventura, principalmente se reparmos nos olhares de pura paixão dos pequenos durante a prática...
Porém, muita coisa tem que mudar.

Curiosamente, 'introspecção', 'desafio', 'superação' e 'comunhão' são palavras que estão longe de serem vivenciadas no ambiente da feira, principalmente se levarmos em conta que o barulho dos micro-fones ecoando dos diversos estandes é o caminho inverso do que nos leva a praticar atividades de aventura.
Definitivamente, não é esse o espírito...

Ou seja, a feira está cada vez mais perdendo sua identidade por isso continua morrendo... Essa é minha visão, também percebida por outros colegas do montanhismo.

Sendo assim, a 'Adventure Sports Fair' também tem que encarar o desafio de mudar para melhor e se superar!!! hehehe

"Mais do que produzir petróleo, temos que produzir energia..."

E cada um de nós tem um papel importante nessa produção de energia, realizando um trabalho com união e crença em nossos ideais...

Afinal, não há dinheiro que pague quando se perde a essência, não é mesmo!?

E o atleta brasileiro Felipe Camargo continua na Europa acreditando na sua força e nos seus sonhos e desta vez conquistou a 6ª colocação para o Brasil no Campeonato Europeu Juvenil realizado em Munich, Alemanha!

Além de participar pelo Brasil em um evento 'teoricamente' fechado para os europeus, Felipe ainda ficou entre os melhores de sua categoria!!! Show!!
Confiram entrevista bacana no blog: http://www.blogdescalada.blogspot.com
Resultados completos em: http://www.ifsc-climbing.org

E já foram divulgadas as produções selecionadas para o Festival de filmes de Montanha deste ano!!!
O evento do ano passado foi demais, e o sucesso deve se repetir esse ano!

Escalada durante o dia nas lindas paredes do Rio de Janeiro e cinema à noite!
Confira a seleção em:
http://www.altamontanha.com/colunas.asp?NewsID=1691

ONDE: Cinema Odeon Petrobras - Cinelândia - Rio de Janeiro
DATA: 23 A 25 DE OUTUBRO
SESSÕES: 19h e 21h

Mais detalhes em breve!

Força a todos e ótimas aventuras,
Janine

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Escalada Clássica no Baú

+
Corrida 24 hs - Dean Karnazes
Palestra na Adventure Sports Fair

------------------------------------------
Olá!

Após uma parada básica em São José dos Campos para uma dose de força no murin do "Purga", partimos para o estilo clássico de escalada na Pedra do Baú.

Na região do Complexo do Bauzão, o domingo amanheceu com uma garoa que deu pouca trégua durante o dia, e optei em ficar pelas trilhas, com muita proza e violão!

Mas como 'depois da tempestade, sempre vem a bonanza', o dia da independÊncia chegou com muuuuito sol na segunda feira!


Nessa vibe ensolarada, nossa sequência de escalada seguiu pelas vias "Gregos e Troianos", "Learning to fly", "Normal" e "Pássaros".

A "Gregos" é uma via de 75 metros na face norte do Baú, aberta em 2007 pelos escaladores Marco Nalon e Rodrigo Zucon.

Está graudada como V grau com crux de 6º no início da 2ª cordada. Eu já havia ouvido falar sobre as maravilhosas fendas com ótimas agarras que a via oferece, e foi realmente uma escalada perfeita para curtir colocações em móvel!

Conforme combinado com o escalador Filippo Croso, ele saiu guiando a primeira cordada, parte que não possui proteções fixas.

Chegando na primeira parada (dupla), visualizei o início da sequência da segunda parte da via, que já no início oferece um lance muito show, com a possibilidade de colocação móvel em uma fenda em baixo de uma barriga.

Logo acima, um pouco à direita tem uma chapeleta brilhando...
Atenta aos betas do Filippo mais abaixo na parada, protegi com um friend nesta fenda, com uma enorme tentação de seguir direto para a chapeleta.. hehehe

A partir daí, fui desvendando lentamente a linha, protegendo bem em uma fenda linda que surge na via um pouco mais à direita...
Me perdendo e me achando, não economizei nos nuts e friends... ehhehe ...

Chegando na parada final da via, mais uma vez pude sentir aquela sensação gostosa e incansável de uma chegada, após momentos de concentração e suor... Afinal, a movimentação não é difícil, mas qualquer deslize significa uma quedona.... uui!

Foi muito bom guiar essa cordada, comunhando a realização da via com meu parceiro que escalou rapidamente...

DAli, seguimos pela Learning to Fly, via que eu havia escalado há 15 anos atrás com meu querido amigo Ralf, e pude repetir esse final de semana guiada pelo Filippo.

Chegando na parada, segui pela Normal e entramos na Pássaros!
Que via mais liiiinda, e que final de tarde divino!

Enquanto isso, pela primeira vez abri melhor os olhos para as pequenas proteções do teto do Baú, despertando aquela pontinha de curiosidade por essa linha deslumbrante.

Finalizei a escalada com pouca luz, como sempre xingando os últimos lances de aderência! hehehe...

Tenho curtido bastante mesclar minha paixão pela força física predominante na escalada esportiva aos desafios e superações que paredes, trilhas e montanhas da vida podem me proporcionar!...
Valeu a todos os amigos presentes pela comunhão de mais esses bons momentos!



Lembrando que neste sábado (dia 12) rola o circuito 24 hs de CORRIDA com Dean Karnazes, percorrendo 120 kms pela cidade de São Paulo, com largada às 19 hs do dia 12 de setembro (sábado) na Frutaria São Paulo e chegada às 19 hs do dia 13 (domingo) na loja da The North FAce (shopping Morumbi)!

TEXTO sobre minha partipação no blog:
http://www.thenorthface.com.br/blog
(31 de agosto)



No domingo, realizarei uma palestra na Adventure Sports Fair, às 16:00hs no Estande da ABeta!
Quem estiver por lá, será um prazer compartilhar palavras e imagens de minha vivência como atleta!

Muita aventura a todos,
Janine

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Festivais, Escaladas e Corrida!

Ois!
Antes de mais nada, quero direcionar vocês para uma postagem feita pelo Eliseu FRechou no blog da ESPN, a qual só li esta semana graças a um resumo de postagens do mês.
Para quem não leu na ocasião, vale a pena conferir!
De certa forma, o texto também traduz bem minha sensação e meus prazeres em fazer parte desse mundo virtual, radical, comunicativo e veloz através deste blog!

Ao mesmo tempo, Eliseu entrevistou a grande Renata Neto que além de fazer um balanço sobre a realidade dos últimos anos do mercado de aventura e sua exposição na mídia, finaliza a entrevista de forma brilhante:
"Meu esporte radical é ter filhos... Que delícia, mas que adrenalina!"
ahahah...Mais uma vez me identifiquei... A-do-rei!

Confiram: http://espnbrasil.terra.com.br/eliseufrechou/post/70460_RENATA+NETTO+E+1+ANO+DE+BLOG
------------------------------------------

...E o feriado de 7 de setembro está aí...
Além do Festival de escalada em São Tomé das Letras, nossa comunidade de escalada brazuca também conta com 1º Festival de EScalada do Espírito Santo.
Confira mais abaixo a programação completa do que acontece na cidade de Afonso Cláudio, a 136 km de Vitória.

E aí...? Dúvida cruel para o f.d.s prolongado?!!
SAlinas, Sete Lagoas, Cambotas, São Tomé, Três Pontões, Baú.....????
... Vamos resolver nossas dúvidas rapidinho com uma máquina de clonagem, que tal? hehe

Delírios à parte, se São Pedro não economizar nas águas por essas bandas do sudeste brasileiro conforme a previsão, 'voilá' para as caminhadas com anorak e falésias negativas, certo?!!!

Após o feriado, rolará ainda o DESAFIO 24 hs DEAN KARNAZES, circuito de CORRIDA que percorre 120 kms pela cidade de São Paulo, com largada às 19 hs do dia 12 de setembro (sábado) e chegada às 19 hs do dia 13 (domingo)!

Após anos dedicada à escalada esportiva, "correndo de lá para cá", hehe, aceitei este desafio a convite da The North FAce para atletas de diversas modalidades!

TEXTO sobre minha partipação no blog:
http://www.thenorthface.com.br/blog
(31 de agosto)


Dean Karnazes é um ultra-maratonista que assim como muitos, gosta de se superar através da prática esportiva, curtindo dividir essa energia entre pessoas com a mesma paixão!


É possível participar da corrida escolhendo o local, distância e horário.
Olha aí o link com mais detalhes: http://www.thenorthface.com.br/desafio24horas/index2.html

Pernas pra que te quero!?!...........

....& bom feriado a todos!!!
-------------------------------------------------------------------
Programação do Festival do Espírito Santo:


05/09/2009 – Sábado
08:00 às 17:00 – Escalada em Rocha na Reserva Três Pontões: Falésia do Arrependido (setor esportivo) e Pico Três Pontões (tradicionais);
19:00 às 22:00 – Atividades na Praça Aderbal Galvão: sorteio de brindes entre os inscritos, parede de escalada aberta ao público, slackline, malabares, etc.
06/09/2009 – Domingo
8:00 às 17:00 – Escalada em Rocha na Reserva Três Pontões;
8:00 às 11:00 – Oficina de Escalada em Rocha para iniciantes com vivências práticas;
15:00 às 17:00 – Workshop de Escalada em Móvel, com André Ilha (RJ);
19:00 às 21:00 – Palestra e debate no Centro Cultural: “Montanhistas e Parques”, com Sérgio Poyares (RJ).
21:00 às 22:00 - Mostra de filmes de montanha no Centro Cultural: Lançamento do curta "Com a Macaca", sobre a Escalada no Morro do Moreno.
07/09/2009 – Segunda-feira
8:00 às 12:00 – Escalada em Rocha na Reserva Três Pontões;
13:00 – Confraternização entre inscritos e convidados com churrasco no Sítio Três Pontões.

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget