Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

terça-feira, 16 de março de 2010

Trilha do Bonete + Prêmios


* Trilha do Bonete, Ilha Bela - for Kids
* Prêmio Ousiders 2009
* Luz de velas - Hora do Planeta
* Filme curta de animação: "Entre nós"

* Palestra 'Grandes Paredes' no Clube Alpino Paulista
________________________________________________________
Ois!

Final de semana premiado por mais um destino percorrido, com destaque para a caçula da turma de 6,5 anos que percorreu 12 kms de caminhada da Ponta de Sepituba, no lado sul da Ilha Bela até a praia do Bonete!

Como estávamos com crianças, organizamos a aventura pensando em realizar a caminhada em 6 horas (normalmente leva cerca de 4 horas para adultos em passo tranquilo, com paradas rápidas nas cachoeiras).

No início do dia, devido ao final de semana super ensolarado, a grande fila da balsa nos surpreendeu em um final de semana que parecia comum e vazio...

Sendo assim, iniciamos a trilha somente após o meio dia e lembramos que sempre vale a pena reservar um lugar na balsa (um pouco mais caro do que enfrentar a fila) para não correr o risco de ficar mais de uma hora esperando para atravessar do continente para a Ilha.

Para iniciar o percurso a pé, o carro pode ser deixado em um estacionamento um pouco antes do início da trilha (R$ 15,00).
Para quem se hospeda na Pousada Canto Bravo, por exemplo, é possível estacioná-lo no restaurante Nova Yorqu"i" sem custo adicional (incluso na diária que na baixa temporada custa R$ 130,00 o casal).
Deste ponto são mais 2 kms caminhando até a entrada da trilha.

Um programa legal é pernoitar ao menos uma noite no Bonete para curtir a beleza do lugar também no dia seguinte... Por isso, além de carregar utensílios para a trilha, como lanche, repelente, protetor solar e kit primeiros socorros, a mochila pode pesar um pouco mais com algumas peças de roupas e toalha.
Já a água é abundante e o refil é garantido graças às cachoeiras pelo caminho...

Em caso de optar por acampar, existe um camping localizado próximo ao centro da pequena vila com boa infra-estrutura.
Nesta época do ano, a temperatura na ilha ainda é quente, sendo dispensável o saco de dormir...

Após cerca de 40 minutos de trilha, após a passagem pela Fazenda da Laje que encurta a trilha em 1 km (placa no local indica atalho - de 13 km para 12km - com taxa de R$ 5,00 por adulto), caminho pelo qual chega-se à primeira cachoeira...
Perfeita, com direito a tobogã natural e piscininhas naturais...

Após o mergulho, é hora de repassar maaais repelente, principalmente nas crianças! Apesar dos borrachudos serem mais sutis no lado sul da ilha, ainda assim eles incomodam, principalmente nas paradas próximos ao rio...

Com muito cuidado e atenção por onde pisávamos, e muita comunhão ao longo de quase 6 horas, chegamos a um ponto da floresta no topo da montanha de onde avistamos, enfim, a praia do Bonete...

Quanto mais próximos, mais as estrelas forravam o céu no entrar da noite... Estrelas são sempre um prato cheio para crianças (e adultos) sonharem um pouco mais com um mundo mágico, reencontrando assim forças para percorrer o restante do caminho.

Tão logo pisamos na praia, nos livramos de nossos tênis a fim de sentir a maciez da areia incrementando o gosto da vitória!

Apesar de eu ter carregado uma mochila para levar crianças em caso de uma emergência, e estar de prontidão para colocar nas costas um ser que agora pesa mais de 20 kilos, minha filha realizou todo o trajeto sozinha...
Ufa!

Indico esta trilha para grupos com crianças a partir dos 7 anos...
Apesar de ser bem desafiadora para os pequenos (e para muitos adultos também), com carinho e paciência nos momentos de cansaço, a criança é capaz de trilhar sozinha, sentindo desde cedo a plenitude de alcançar um objetivo após suar a camisetinha!

A mentalidade da comunidade é contagiante, transmitindo preocupação com o meio ambiente não só na forma como são construídas as casinhas, sem luz elétrica, como na limpeza de toda a área.

Já a volta desta praia pode ser realizada por barco (canoas de pescadores a R$ 25,00)... Exija colete salva-vidas, principalmente se estiver com crianças.

A Treehouse, empresa de educação ao ar livre, já disponibiliza esse roteiro conforme a preferência do grupo (camping ou pousada), incluindo atividades e dinâmicas extras no local:
http://www.treehouse.com.br

Mesmo longe de comunidades sustentáveis e morando em grandes cidades, é possível ampliarmos nossa consciência e economizar energia mantendo essa vibe trazida de paraísos como o Bonete, utilizando por exemplo velas no jantar...

Desta forma, abraçamos desde sempre não só um ambiente aconchegante, como uma causa maior pelo planeta que esperemos ser ainda mais forte no dia 27 de março (sábado), na Hora do Planeta, onde apagaremos totalmente as luzes elétricas entre 20h30 e 21h30 (hora de Brasília): http://www.horadoplaneta.org.br/

O ginásio CASA DE PEDRA é uma das empresas que desde já apoia e divulga essa ação. Confira: http://www.casadepedraescalada.blogspot.com

Após a premiação de minha Outsider Mirim com sua garra até o Bonete, é hora de conferir os outsiders 2009, premiados pela Revista Go Outside. O evento de premiação ocorre nesta terça-feira (16) em São Paulo, com a confraternização de mais um ano de muitos desafios e conquistas!

Entre os escaladores, temos Felipe Camargo premiado por sua conquista da via Los Inconformistas (9a francês) em Rodellar, Espanha.
Além disso, o jovem escalador acabou de mandar mais um boulder casca grossa - um provável V 13 chamado Amnésia, na Serra de Piedade, Minas Gerais.

Ainda sobre prêmios merecidos, o diretor Erick Grigoroviski recebeu a sétima premiação pela sua animação Uruca (vencedor do Banff Brasil 2009), e desde já nos presenteia com sua nova animação que deve figurar entre os concorrentes de filmes de montanha 2010 no Cine Odeon, Rio - "Entre nós"...

Entre Nós - Trailer from Erick Grigorovski on Vimeo.


Confira ainda o blog da animação:http://luisaentrenos.blogspot.com/

Para encerrar, o trio Eliseu Frechou, Marcio Bruno e Fernando Leal falam nesta quarta feira (17) de suas escaladas pelo El Capitan, Mount Whitney, Kaga-Tondo, Potrero Chico, Pedra do Sino e outras em uma palestra na sede do CAP, às 20:30 hs:
http://www.altamontanha.com/colunas.asp?NewsID=2196

Parabéns a todos pelas conquistas...
Namastê,
Janine

Nenhum comentário:

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget