Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Brasil na FINAL do PAN

Hola, que tal!!

SAlve turma... a trip pelo Equador está super bacana e o campeonato Continental de Escalada já começou... Contamos por aqui com a companhia de atletas bem fortes, elevando o nível desse evento...

E, enquanto o dia de competir não chegava, acompanhada do montanhista e fotógrafo Ricardo Leizer (nosso delegado oficial aqui na competição), E de Cesinha Grosso (que compete pelo Brasil no masculino, também com apoio da THE NORTH FACE neste evento), fomos conhecer a obra do pintor e escultor equatoriano Oswaldo Guayassamin...

(Suuper dica do montanhista viajante e querido amigo Kinho, que se embrenhou com sua namorada pelo país no ano passado)
Valeu, man... Adorei!



Guayassamin, além de suas pinturas incrivelmente expressivas, cheias de sentimento e humanidade, deixou para seu povo uma linda coleção de cerâmicas e peças antigas... tesouros que podem ser conferidos no museu de Quito e na Capilla del Hombre....

(Abaixo, uma de suas mais famosas obras - LA TERNURA)

http://www.guayasamin.com/pages/index.php

Ontem foi o dia da abertura oficial do evento, com apresentações típicas do país e belos discursos dos dirigentes e organizadores do Campeonato....

Hoje, corremos as eliminatórias e as semi-finais...
A via eliminaória feminina estava cotada em 7a+ (francês), com 6 minutos de tempo limite, escalada em flash.
Entrei bem confiante e tranquila, como sempre, no meu estilo relax, descansando, me encaixando bem e curtindo cada lance...

Só que desta vez, a curtição me custou a cadena... rsrsr... Administrei mal o tempo, tendo que me soltar de um movimento quase no final da via sem estar tijolada por estourar o limite do tempo.


Na via eliminatória, a cadena saiu para duas equatorianas fortes (e aclimatadas, claro.. eheh) e para a americana Sasha Digiulian... 3 venezuelanas caíram um pouco acima do ponto que eu tive que parar a escalada.

Já na semi-final, liguei o famoso 'toca toca'... hehe...
A via estava bem técnica no início, com agarras pequenas que entravam em uma aresta, emendando neste negativo que aparece na foto abaixo...

Ecalei super rápido, caindo a dois lances do final, bem tijolada.
Nessa via, senti um pouco mais a altitude, mas fiquei mais feliz por ter ido até o meu limite...

Na semi-final, a americana Sasha demonstrou que continua em forma e não foi à toa que esteve nas finais da copa do mundo no ano passado.... Com 17 anos (e 10 de escalada), ela foi a única, com muita agarra, a completar a via, cotada em 7b+ francês.

Com minha posição alcançada na semi-final, utilizando como desempate minha colocação na eliminatória, eu passei no limite para a final que acontece amanhã de manhã...

Já no masculino, o brasileiro Cesar Grosso está cotado como um dos favoritos, tendo completado a via semi-final ao lado apenas de um mexicano, que também fluiu bem até a cadena.



O páreo no feminino e masculino está duro aqui no Equador... Por isso, amanhã é 'o dia' de escalar com muito mais 'sangue nozóio' e fazer o nosso melhor em cada lance... E que seja com muito desejo, sempre!
Kmon!

Valeu a força galera!!!

Muita vibe positiva a todos aí no Brasa...
Ótimas escaladas,

beijo grande,
Jan

Um comentário:

Jorge disse...

Janine boa sorte nesta final do PAN.
Estarei na torcida por vcs.
Um abraço e bom fds.

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget