Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

sábado, 17 de julho de 2010

ARCO Rock Master 2010...

Rumo ao sonho Olímpico - 2020

+ Brasil no Campeoanato Mundial Juvenil, 9 a 12/09 - Escócia
--------------------------------------------------------------------------------

Olás,

De volta à "terra Brasilis" estou, após 10 dias de viagem e 2 campeonatos internacionais - uma copa do Mundo na França e um pré-mundial na Itália...

Nesses poucos dias, foi um desafio e tanto conciliar jet-lag sem uma equipe brasileira para compartilhar deslocamentos de trem, de ônibus, estadias, ceias, isolamentos, vitórias, frustrações, e por aí vai... Mas, em compensação, com muito aprendizado e receptividade dos 'irmanos' escaladores de países latino-americanos como o Equador e a Venezuela, essa missão ficou mais fácil e plena...

Em meio a isso, o apoio da THE NORTH FACE BRASIL fez grande diferença, me possibilitando estar nesses dois eventos...

Mesmo sem a classficação brasileira na semi-final, é uma realização para nós fazermos parte dessa história, participando do ROCK MÁSTER 2010, realizado entre os dias 15 e 18 de julho na cidade de ARCO, norte da Itália.

O Rock Máster é um evento tradicional de competição de escalada que está na sua 24ª edição e, até este ano, era fechado para convidados.

Uma curiosidade sobre a cidade que abriga esta competição é que Arco exala escalada e esportes de montanha.

Ali, além de lojas ao ar livre com tudo que é tipo de equipamento e produtos para escalada (assim como Chamonix/FR, mas com tudo mais barato! hehe), situa-se um vilarejo rodeado por uma rocha magnífica, marcado por escaladores apinhados em suas vielas após dias de muito esporte, seja para uma cerveja gelada ou 'gelato' pra refrescar o verãozão ou um magnífico café italiano nos bares e cafés (sem falar no monte de bikers!)


A diferença que marcou esta tradicional competição este ano é que, visando uma organização impecável para o Campeonato Mundial de Escalada que acontecerá ali em 2011, o IFSC (Internacional Federation of Sport Climbing) organizou este pré-evento nos mesmos moldes que acontecerá no próximo ano, para mais uma demonstração ao Comitê Olímpico Internacional (COI).

Sendo assim, por mais um ano, o COI analisou todos os requisitos de organização para que a escalada realmente participe oficialmente das Olimpíadas em 2020.

Por isso também, os Campeonatos mundiais de escalada que antes aconteciam´de 2 em 2 anos, nos próximos 3 anos acontecerão consecutivamente - em 2011, 2012, 2013 -, para que assim, em 2014, o Comitê possa selecionar com mais justiça os esportes aprovados oficialmente como novos integrantes das Olimpíadas...

Pelo que acompanhei nesses dias de competição, e pelas conversas com membros do IFSC, esse sonho está cada vez mais perto de se concretizar...

Não só por esse objetivo do evento, mas como pelo muro alucinante de dificuldade que recebe os atletas e pela cidade que nos abriga, é um prazer participar ou acompanhar de perto o Rock Máster.


Além de tudo isso, entre escaladas de dificuldade, boulder e velocidade realizadas nas paredes artificiais, o público (e nós atletas) podemos dar um pulinho para fazer boulder ou escalar vias esportivas em rocha a 5 minutos de caminhada do muro!

Eu já conhecia essa cidade graças a uma visita para escalar em rocha realizada há 4 anos atrás (foto abaixo), mas nunca havia escalado na estrutura do Rock Master...


No Brasil, também contamos com cidades com ares parecidos a essa proposta de Arco, Chamonix, etc, com escalada em rocha próximas a vilas encantadoras, entre elas, São Bento do Sapucaí, vilarejos da Serra do Cipó, entre muuuitas outras...

O 'porém' é que ainda não conseguimos abrigar e organizar um evento internacional como esse, reunindo "tudibão" em um lugar só... rrss...
Isso se deve à enorme complexidade organizacional que envolve profissionais com licenças internacionais, recursos financeiros elevados, muito tempo, exigências ligadas à oficilização de regras e normas de campeonatos desse porte, e por aí vai...

Para isso, a CBME (Confederação Brasileira de Montanhismo e EScalada) está trabalhando e lutando para que comecemos por um campeonato continental e, quem sabe um dia, os brasileiros não tenham que viajar para tão longe para prestigiar de perto o espetáculo com os melhores escaladores de competição do mundo.

Por enquanto, felizmente, com muuito trabalho, perseverança e paixão, mais uma vez pude viajar até lá e mostrar à comunidade que o Brasil segue na luta...

Minha vontade, claro, era chegar muito mais alto naquele murão, era sentir o vento e o ácido láctico chegar após muitos movimentos ultrapassados, fluindo muito mais do que eu fluí..


Porém, minha participação acabou rápido demais nas duas classificatórias por uma somatória de razões... Erro de ponto de costura, desconforto lombar, desculpas físicas variadas, estilo de vias, dias ruins, e blá blá blás...

O fato é que na hora, fiquei chateada, sentimento normal nessas circunstâncias, mais uma vez, inumerando os 'porques' limitantes... rsrs

Passadas algumas horas, senti felicidade ao lado de outras atletas experientes de outros países que também não haviam se classificado, pois, cada uma de nós, guardadas respectivas peculiaridades, estavámos seguindo um sonho, aceitando e desfrutando de tudo que o envolve...

Entre vinho italiano e muita filosofia sobre esporte, concluímos que tudo que somos está dentro de nós, de nossas consciências e da força de espírito que evolui disso tudo e marca nossas histórias... o resto é consequência, mero detalhe... altos ou baixos...

Todos nós vivemos de alimentar sonhos, sejam lá quais forem as fronteiras e jardins que os floreiam (ou os escondem...)...

Um dos meus sem dúvida, por hora, é poder ver uma equipe brasileira mais completa ao meu lado em Arco 2011...
Oxalá, ver uma grande equipe em 2020, nem que seja pra chorar na platéia e relembrar o que eu vivi...
Assim caminha a humanidade.

Sonhos às vezes se concretizam, às vezes nos colocam em uma realidade totalmente oposta...
De qq forma, seja um sonho, seja um momento real, se ambos existem é porque estamos vivos.

Nesse sentido, temos o que comemorar no Brasil, pois estamos 'alimentando' futuras gerações da escalada de competição, mesmo que a passos mais lentos e difíceis que na Europa e Ásia.

Este ano, ao que tudo indica, teremos alguns representantes nacionais participando do Campeonato Mundial Juvenil de Escalada, que acontece de 9 a 12 de setembro, na cidade de Edinburgh, Escócia...
http://www.wyc-2010.com/
De lá, já saíram campeãs mundiais como a francesa Charlote Durif que após 3 anos fora do juvenil, venceu a última etapa da Copa do Mundo...
E assim, pouco a pouco, vão surgindo as novas feras!!!
http://www.cbme.org.br/

Muita garra e acima de tudo, realização e perseverança a todos os participantes!

CURIOSIDADES DA COMPETIÇÃO em ARCO
- As vias qualificatórias como sempre estavam fortes desde o início, para poder filtrar os semi-finalistas...
- As vias femininas começaram com um 7c+ e um 8a+ francês...
- As vias masculinas qualificatórias foram cotadas em 8b+
- O espanhól Ramon Julian deu um espetáculo na via final, sendo o único a encadenar a longa via...
- A Korena Jain Kim também foi a única a completar a final, trazendo um estilo preciso, com muita leveza e delicadeza, maravilhoso de acompanhar lance a lance...
- Os sorvetes italianos, especialmente os de Arco nesse verão, são divinos! Ai que saudade!
- O clima na cidade nesta época do ano é muuuito quente!
- O ROCK MÁSTER 2011 acontece entre os dias 15 a 25 de julho...
- Dicas de como chegar à cidade e o que fazer (e não fazer) para agilizar traslado (e para economizar no bolso): janinefmcardoso@gmail.com

Abaixo + algumas FOTOS e RESULTADOS GERAIS:

Espanha vencendo no masculino...
Brasil na 3ª costura da eliminatória...
Semi final de boulder...
Ramonet, novamente, apavorando na via final...
Pódium masculino...
Koreana vencendo no feminino...
Final de Boulder...

Dificuldade masculino
1. Ramón Julian Puigblanque (ESP)
2. Jakob Schubert (AUT)
3. Adam Ondra (CZE)
4. Sachi AMMA (JPN)
5. Romain Desgranges (FRA)

Dificuldade feminino
1. Jain Kim (KOR)
2. Katharina Posch (AUT)
3. Angela Eiter (AUT)
4. Alexandra Eyer (SUI)
5. Christine Schranz (AUT)

Boulder masculino
1. Cédric Lachat (SUI)
2. Rustam Gelmanov (RUS)
3. Tsukuru Hori (JPN)
4. Francois Kaiser (FRA)
5. Kilian Fischhuber (AUT)

Boulder feminino
1. Anna Stöhr (AUT)
2. Olga Shalagina (UKR)
3. Akiyo Noguchi (JPN)
4. Olga Bibik (RUS)
5. Chloé Graftiaux (BEL)

Velocidade masculino
1. Libor Hroza (CZE)
2. Stanislav Kokorin (RUS)
3. Qixin ZHONG (CHN)
4. Ning Zhang (CHN)
5. Sergey Abdrakhmanov (RUS)

Velocidade feminino
1. Cuilian He (CHN)
2. Olga Morozkina (RUS)
3. Lucelia Blanco (VEN)
4. Edyta Ropek (POL)
5. Yuliya Levochkina (RUS)

Velocidade em equipe

1. Ning Zhang, Cuilian He e Qixin Zhong (CHN)
2. Sergey Sinitsyn, Evgeny and Ksenia Alekseeva Vaytsekhovsky (RUS)
3. Sergey Abdrakhmanov, Yuliya Levochkina and Stanislav Kokořín (RUS)
4. Josmar Nieves, Lucelia Blanco and Manuel Escobar (VEN)

Duelo masculino (Dificuldade + Velocidade)
1. Adam Ondra (CZE)
2. Sean McColl (CAN)
3. Jakob Schubert (AUT)


Duelo feminino (Dificuldade + Velocidade)
1. Katharina Posch (AUT)
2. Jain Kim (KOR)
3. Alexandra Eyer (AUT)

Nenhum comentário:

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget