Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

'Balanço' do mês de janeiro

- Superações na Escalada em Rocha: 9c / 10a
- Revista Aventura & Ação: destaques da 1ª edição de 2011 (Dez./janeiro)
+ Em breve: matéria em homenagem ao Bernardo Collares na 2ª Edição de 2011 (Fev./março)


----------------------------------------------------------------------------------
Olá,

A perda de um amigo da escalada grandioso como o Bernardo nesse início de ano doeu fundo na comunidade brasileira de montanhismo...

Aos poucos, vamos aceitando...afinal, somos seres adaptáveis a tudo, nascemos para a felicidade, apesar de fatos como esse abalarem e nos tirarem do prumo em direção a esse caminho...

Cada um busca explicações naquilo que acredita, seja ciência, racionalidade, fé, 'outras dimensões'... Não importa...
O que importa é que estamos vivos e a vida nos arrebata rapidamente com um mix de sensações e 'presentes'...
...E o mais importante é não desistir, aconteça o que acontecer...

Em meio a isso, esporte, escalada e família mais uma vez revelam-se como chave motriz, pelo menos da minha vida... Acredito que a chave de muitas e muuuuitas pessoas também...

Por muito tempo e até hoje, felizmente, de maneira arrebatadora, o esporte na natureza, a vida na montanha e a escalada me proporcionam muita plenitude.
Por isso até, quem sente e vive na prática o estilo de vida que 'prega', compreende melhor a ida do Bernardo praticando algo que ele amava com mais facilidade, não é mesmo?

Entregue de corpo e alma a essa filosofia, nos últimos 30 dias realizei algumas vias de escalada esportiva que foram uma superação para mim e requeriram, de fato, muito balanço... rsrs

Entre elas, me conectei à via Sikadura por 3 finais de semana, realizando a cadena desse 10a localizado na Falésia dos Olhos, em São Bento do Sapucaí, vencendo seus lances delicados mais rápido do que eu imaginava...
Viva a adaptação, a oportunidade e a entrega!

Por 'entrega', quero dizer, lançar-se com muita vontade, independente do depois, do resultado, e sim, curtindo cada momento com raça, enfrentando as dificuldades e tendo satisfação por cada detalhe vivido pelo caminho....
E esse caminho normalmente envolve dor física e perseverança...

Por isso, a Sikadura é uma via marcante para mim realizada na transição de 2010 para 2011...
É especial pois para conquistá-la tive antes que superar a Sika (9a), com um crux dinâmico que sempre me será desafiador ...


Ainda na Sika, temos que enfrentar lances explosivos que transmitem uma sensação de liberdade e energia enorme, seguindo por um movimento de calcanhar que requer precisão de pés e muito encaixe ...

Daí, para rumar para a Sikadura, o corpo pede por um descanso que custa mais alguns lances para chegar... Após um dead-point para uma agarra na esquerda e mais umas movimentações em regletes, desfrute da parada no super descanso, para entrar nessa extensão!...

Daí para cima, dois cruxs delicados e um final que pode derrubar fazem a alegria de quem os enfrenta e principalmente de quem os supera sem quedas... Via linda demais! Mais uma vez, parabéns ao Pardal pela descoberta e abertura da rota.
http://pardalressolas.blogspot.com/2010/11/falesia-dos-olhos.html

Além dela, também na Falésia dos Olhos, me superei realizando a Fulon na Sika, 9c.
Essa via emenda no final da Sika, e conta com um crux forte, que requer um super encaixe do pé direito, pressão em um reglete com a mão esquerda, suspensão do corpo o mais alto possível para atingir um reglete alto e dominar a última agarra (na esquerda) da sequência desse crux...

Ainda lembro que minha primeira tentativa no final de 2010 teve como desfecho o pensamento 'praguejado' em palavras: "Afff... Nunca!...Impossível para mim... Pode me descer... Sem chances..." hahaha...
Aí fui invadida pela sábia frase: "Valorize os seus limites, e por certo não se livrará mais deles!" (Richard Bach, Ilusões)

Pensando assim, dei ouvido aos incentivos de companheiros, atentei aos betas imprescindíveis (Valeu Cesinha...beta essencial de agarra alternativa na entrada do crux!) visualizei amigos escalando, e após algumas tentativas, eis que o lance saiu isoladamente...

A cada tentativa, uma nova descoberta... Detalhes que realmente fazem a diferença!
E, em menos de um mês, a cadena saiu!

Agradeço demais ao 'Massa', parceiro fundamental nesse desafio... Sua perseverança e cadena nessa via foram inspirantes...

Além da 'Sikadura' e 'Fulon na Sika', outras cadenas super bonitas que rolaram nessas férias foram a 'Explosão na Bulls' (9b), também na Falésia dos Olhos (Valeu Grilo, pela indicação), a Bazuca e Bomba Atômica (9a's) e Duplex (8c), no setor Corujas da Pedra da Divisa.

E por falar em 'luta'... rsrs... um dos trabalhos que fazem parte desse todo atualmente é mais uma paixão chamada revista Aventura & Ação...


Toda equipe, a cada edição projeta para o estilo e conteúdo da revista, filosofias, acontecimentos e destinos ligados à esporte de natureza, ecoturismo, qualidade de vida e sustentabilidade: http://blogdaaventuraeacao.blogspot.com/2011/01/fotos-da-edicao-161.html

E nesse balanço inicial de 2011, a 1ª edição do ano tem como Capa a entrevista com um 'navegador' já bem conhecido, que representa bem essa busca pela felicidade através de uma vida de aventuras, viagens, família e simplicidade - Amyr Klink.

Além dele, a edição traz um texto sensacional sobre slow food, contrapondo-se ao fast food:
"É inútil forçar os ritmos da vida. A arte de viver consiste em aprender a dar o devido tempo às coisas" (Carlos Petrini, fundador do Slow Food)

Vale a pena conferir esta e as outras matérias do caderno de meio ambiente!

Aproveitem e preparem-se para a edição de fevereiro/março, que além de muita aventura, trará uma entrevista interessantíssima com a cicloativista Renata Falzoni e uma homenagem ao nosso querido Bernardo Collares!

"... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"


Ótimas aventuras e um 'doce fevereiro' a todos!

Beijo,
Janine Cardoso

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Boas lembranças de Bernardo Collares

Achei que fosse começar minha primeira postagem do ano contando detalhes sobre meu primeiro décimo grau conquistado na rocha, sobre as perspectivas de escaladas, aventuras e desafios para 2011 e sobre como é bom viver intensamente e de forma apaixonada como montanhista e esportista...

Contudo, após a notícia do acidente com o amigo montanhista Bernardo Collares neste início de ano no Fitz Roy (Patagônia, Argentina)- http://altamontanha.com/colunas.asp?NewsID=2753 /
http://terratv.terra.com.br/videos/Especiais/Noticias/4416-340477/Acidente-com-alpinista-brasileiro-poderia-ter-sido-pior-diz-montanhista.htm, no momento sinto que o mais importante é apenas lembrar de viver cada momento com intensidade, felicidade, simplicidade e entrega, coisa que 'Berna' fazia muito bem...

Claramente apaixonado pela vida, na maior parte dos momentos ele estava sorrindo e sereno, realizando com amor feitos maravilhosos para a desmarginalização, evolução e reconhecimento da escalada nacionalmente, e praticando sua filosofia de vida de maneira contagiante e motivante...

Sem dúvida, foi um dos companheiros de trip mais puramente voltados para a escalada que já tive, o mais respeitoso parceiro de conversas e ensinamentos. E tenho certeza que, para cada um que o teve como companhia, a sensação é a mesma...

Difícil de acreditar nesta perda... 'Jazem' as boas lembranças, como quando Berna me guiou com maestria na via "Parque dos Dinossauros" no Baú - SP, ou na inesquecível via " As Lacas também amam" no Totem, na Urca - RJ...

- Na via Parque dos Dinossauros, Pedra do Baú: http://www.janinecardoso.com/2009/02/parque-dos-dinossauros-e-seletiva.html
- Na via As Lacas também amam: http://www.janinecardoso.com/2009/03/as-lacas-tambem-amam-just-fest.html
- Na travessia da Gávea: http://www.janinecardoso.com/2010/03/invasao-da-escalada-feminina-2010.html

Grande homem e grande parceiro para todos que tiveram o prazer de dividir uma cordada, trilha ou um papo com ele, divertindo a comunidade com suas mensagens no dia-a-dia, e, por divesas vezes, como presidente da Femerj, conscientizando esta mesma comunidade sobre práticas em pró do esporte...

Sempre extremamente engajado, solícito, esclarecido, ponderado, sensível e humilde...

Não dá pra traduzir como este homem marcou positivamente cada um de nós que, de alguma forma, recebeu sua 'luz'...
"Um dinossauro de respeito"...

Continuaremos seguindo apaixonadamente e com garra essa 'escalada', inspirados por uma força interior que ele sempre soube resgatar e compartilhar com todos nós de maneira inesquecível!

Por fim, deixo aqui o seu sorriso, com saudade e agradecimento por tudo... Valeu querido Berna...

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget