Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Ética Decomposta - Serra do Cipó

"Ó, Cipó!! Deixar você dá sempre uma dó!!!"

Taí um pensamento que vinha à minha mente a todo o momento durante a semana passada  na Serra do Cipó!

A princípio, seriam apenas 3 dias por lá, para conhecer algumas vias novas com o Massa, pois existia a intenção de voltar sem ele para São Paulo e tocar para São Bento no feriado para participar da 2ª etapa do Campeonato Brasileiro, que rolaria ali, na nossa 2ª casa, ao lado de tantos amigos queridos.

Porém, tanto as novas como as clássicas vias do Grupo 3, logo de cara me envolveram, mais uma vez, com suas diversas movimentações, me levando a refetir:

"Como mãe, não é comum ter a oportunidade de emendar dois finais de semana para escalar em rocha longe de Sampa, com um feriado desses no meio... Considerando que meu trabalho é via internet e posso atuar daqui nesses 3 dias 'úteis',  qual é minha vontade real? Permanecer aqui ou ir competir?"

Concluí que deixar as vias do Cipó para ir competir em boulder, mesmo que em São Bento, seria totalmente desonesto com meu coração... Dei asas, então, ao meu desejo profundo de mergulhar ainda mais naquele calcário...

Decisão tomada, após 18 anos competindo fervorosamente em quase todos os eventos de boulder e dificuldade do Brasil, no lugar de competir, mudei minha data de retorno para desfrutar um pouco mais das delícias do Cipó nessa oportunidade.

Com "sangue nozóio", primeiramente me aclimatei escalando algumas novas vias abertas pelo escalador Fei em parceria com Vagninho e outros escaladores locais,  no setor 'Caverna do Cagão' no Grupo 3 (à esquerda do 'Anfiteatro') e por outras paredes nos seus arredores.

A novata "Amor e Sexo"- 8b -  foi a primeira via dessa trip, realizada em flash após assistir a equipagem e escalada do Massa. A cadena rolou sem fugir para o descansinho da esquerda... hehe..

Após dar o sangue também na Demônios das Sombras - novo 7c (com  mais cara de 8a),  parti para a linda "Presto" - 8c com um finalzinho safado, muito bonito, com uma movimentação eclética e bombástica.

Tentei o "à vista" nela, mas parti pelo lado errado, gastando energia demais para continuar.... hehe... Na nova entrada, com betas dos escaladores Massa, Bizu e Vini, fui até o crux final, que me deu um certo trabalho para colocar na cadena, mas finalmente saiu colocando muita pressão nas mãos e nos pés...

Escalei também a  via "Olho do Observador" -7c: para mim foi mais um flash que requeriu atenção no crux inicial... Muito boa opção para aquecer no setor da caverna, ao lado esquerdo da Presto. Registro e montagem desta via, abaixo por:  http://www.carlaformanek.com/




O clima durante toda essa semana de corpus christi  2012 foi bem ensolarado na Serra do Cipó, nos permitindo optar por qualquer setor e vias na maior parte dos dias, com exceção da quinta-feira, quando choveu bem, levando toda a comunidade presente a abrigar-se na sala da justiça.

Abrigo de chuva na sala de justiça é sempre um bom 'deja vu'*, principalmente para quem programa um dia de descanso e não precisa pegar 'senha' para entrar nas vias.. hehe
* Nome de mais uma nova via conquistada  pelo Fei -8b, ao lado esquerdo da Sombras Flutuantes...

Meu descanso da escalada tinha uma bela razão chamada ÉTICA DECOMPOSTA - 9b/c, via  super cláaaassica da sala que até essa viagem eu ainda não conhecia...

'Mister'  Massa, mais uma vez, foi quem me pilhou a entrar, escalando-a e descrevendo as maravilhas da sequência ... Uma 'senhora' extensão da  1ª parte da Ética -  um exigente 7c.

Após passar os primeiros movimentos do crux láaa em cima,  em flash, fiquei empolgada em colocar tudo na cadena e sabia que seria apenas uma questão de tempo, tentativas e, é claro, de oportunidade.

Por duas vezes seguintes, cai exatamente no mesmo ponto da primeira entrada, concluindo que para superar o lance final do crux, eu precisaria de pelo menos um dia de descanso e o mínimo possível de erros durante a sequência toda.

A realização veio dominando o ácido lático, na 4ª entrada, com descanso bem aproveitado para encarar a sequência final.

Taí mais uma via que, assim como a Heróis da Resistência, sinto vontade de entrar novamente, pois é muuuuuita escalada de qualidade e visual!!!

Outra clássica que estou devendo por ali é a Sinos de Aldebarán - acredito que um dos 8c´s mais magníficos do Brasil. 
Assim como a extensão da Ética, a Sinos também foi conquistada pelo Pita há uns 20 anos atrás, hoje regrampeada (mas ainda assim, com esticões superb´s!!!)...

Entre as cadenas inspiradoras dessa trip para o Cipó, me empolguei com a  do Massa na SINOS, via que requer pressão no seu crux inicial, muita resistência e psicológico para tocar até o cume, totalizando cerca de 40 metros de uma escalada espetacular non-stop.

Essa cadena me inspirou ainda mais para dar tudo na Ética ... Valeu Fla!!



Após dar 'a alma' na realização da ÉTICA DECOMPOSTA (acima), fui malhar a Sinos na sequência, lembrando da movimentação que eu havia escalado apenas uma vez, em top-rope, com o máster brother Igor Epof , há quase 18 anos atrás...
                                                        

(Acima, ilustrando a beleza da Sinos, o escalador Steve  (42 anos, cerca de 25 de escalada - da Inglaterra para o Cipó). Por Carla Formanek.

Com um toque de nostalgia saudável aliada a reflexões sobre crescimento e evolução pessoal na escalada e na vida, lá estavávamos nós novamente,  essa semana: Igorzito sempre na pressão das rochas e meu irmão Alê Cardoso voltando à pressão após se recuperar de  uma cirurgia de biceps.

Sinos, Cheetara, Tio Sika, Escamoso, Linha da Vida, Discrepância, Lampião, Maria Bonita, Uni, Deja-vu.... afff...são muitas vias esportivas para decifrarmos pela Serra do Cipó ainda, não é mesmo!?
Espero voltar em breve...

Valeu Alex pela receptividade no seu 'lar' ... kmon... Evoluindo sempre...
                                

Valeu pelos momentos de alegria e vibe positiva da galera local,  praticando juntos a mais pura escalada esportiva em rocha:
Massa, Bizu, Sofia, Alex Gessner, Carla Formanek, Rafa e Barão, Juliana, Fábio e Rômulo baby, Igor Epof, Ale Cardoso, Marcinho, Fluuuuber, Renata Neném, Fei, Maroca e Alessandro Imbellone, Gabriel, Vinicius, Claudinha, Sandrinho, Diego, Juliana e Testa, Marcinho, Fran, Vagninho... Saudades...

Parabéns mais uma vez à Thaisinha, que venceu a 2ª etapa do brasileiro de boulder no feminino e ao Felipinho, que novamente venceu no masculino.
Confira os resultados e linda postagem sobre esta etapa em:
http://www.webventure.com.br/comunidade/blog/home/id/78/idPost/6415/t/Campea+Etapa+Brasileiro+Boulder

Obrigada à amiga e fotógrafa Carla Formanek pelos lindos registros desta trip (abaixo, de bike na trilha voltando do G3) ...




Energia positiva e saúde a todos nós... & Até a próxima...

Nenhum comentário:

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget