Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Enea Campeã Brasileira + Pedra Vermelha

  Quem também não sabia que 9x campeão/campeã de alguma coisa é "Enea campeão/campeã?"

Confesso minha 'ignorância' a respeito até o último final de semana, quando venci a única etapa do Campeonato Brasileiro de Escalada de Dificuldade 2012 que rolou na Rokaz (Belo Horizonte) e me tornei uma ENEA ... rs...

Brincadeiras e curiosidades à parte,  dedico esssa conquista ao meu pai, homem incrível que sempre me apoiou muito como atleta. Companheiro de corridas,  há 50  dias  ele sofreu um AVC com complicações severas, e felizmente, aos poucos, está se recuperando.

Por essa razão, principalmente, estive afastada do blog nos últimos 2 meses, apesar de ter bastante coisa para contar sobre a abertura de vias (e boulders!) que estão surgindo na Falésia dos Olhos, linhas conquistadas pelos escaladores Massa, Braga, Aranha, Sundara, Diogo Marassi e Gabriel Rabello.

Em um final de semana desses, fui conferir (e ajudar um pouco) esse trabalho de abertura por lá e, em breve, reuniremos vídeos e detalhes sobre as novas linhas para divulgar com calma por aqui.

Enquanto isso, entre visitas angustiadas à UTI para ver meu pai  no mês de outubro, união familiar e muita esperança durante o mês de novembro, tentei, na medida do possível,  manter minha 'terapia' através da prática da escalada,  visando o equilíbrio físico e mental.

Sem dúvida,  minhas sessões no final do dia e encontros com os amigos nos gínásios e na rocha ajudaram a administrar os momentos difíceis com mais leveza.

PETZL ROC TRIP - Argentina
Sem querer viajar para longe e ficar isolada sem comunicação  nessa fase familiar delicada, apesar de inscrita, desisti de ir ao Petzl Roc Trip na Argentina, evento que ocorreu em Piedra Parada, La Buitrera, entre os dias 22 e 25 de novembro.
http://www.petzl.com/en/outdoor/roctrip-argentina

Com certeza, esse é um lugar de escalada que quero conhecer em breve.
Enquanto essa oportunidade não chega, serão muito bem vindos betas dos amigos que estiveram presentes, dando dicas sobre as vias esportivas e logística ideal para chegar ao local!

CAMPEONATO BRASILEIRO DE DIFICULDADE 2012 - ROKAZ ESCALADA
Ao mesmo tempo que eu riscava Piedra Parada do meu calendário este ano, veio a confirmação da etapa única do  Campeonato Brasileiro de Escalada de dificuldade, que rolou no dia 24 de novembro no ginásio Rokaz, em Belo Horizonte.

Com apoio oficial da CBME e  presença confirmada de muitos atletas brasileiros, lá fui eu, mais uma vez,  enfrentar as vias neste campeonato nacional, com a companhia do Massa e uma parceria incrível da equipe 4CLIMB.

Pronta para qualquer resultado, visando fazer meu melhor e desfrutar das vias onsight de mais esse campeonato, apesar da redução de treinos em outubro e novembro,  fui tranquila e  confiante,  graças principalmente aos resultados positivos obtidos na escalada em rocha nos últimos 3 meses, assim que retornei de Kalymnos, como:

- a escalada em flash das belíssimas novas vias SIERRA MAESTRA (9aBR) e A FOICE e o MARTELO (8c BR),  no setor Comunista (Pedra da Divisa);
- a repetição tranquila da Fullon na Sika (9b/cBR) nos Olhos;
-  a realização rápida do novo boulder "O Ceifador de Almas" nos Olhos (V5),  o flash do "Ócio Criativo" (V4), entre outras impressões positivas na rocha e indoor.


Com foco, lance a lance, realizei a cadena das 3 vias do brasileiro de dificuldade 2012. A companheira de competições paulista Thais Makino caiu tijolada a 4 agarras do final da 2ª via da eliminatória e também completou a via final.

Com isso, fiquei em 1º lugar (desempate pela semi), a Thaisinha ficou em 2º e a escaladora mineira Maira Vilas Boas ficou em 3º (1º lugar no ranking feminino mineiro).

(Abaixo, eu, felizona, após completar a via final e vencer o campeonato... Valeu TioDan e 4climb!)


(Abaixo, a promissora Maira, o veterano Barão - 4º lugar no masculino- e eu, logo após a final)

No masculino, o paulista Cesar Grosso confirmou o favoristimo e venceu com folga o brasileirão, comprovando mais uma vez que treino específico é o caminho para evolução no cenário competitivo.

Parabéns Cesinha - hexa-campeão brasileiro de escalada!


Essa etapa única do Campeonato Brasileiro de dificuldade supreendeu pela organização impecável da Rokaz, que seguiu com pontualidade ao cronograma, buscando seguir ao máximo o esquema de regulamento IFSC (Federação Internacional).

A estrutura de alimentação no isolamento para os atletas também impressionou!! Quitutes como frutas, pães sem gluten, geleias, suco de açaí e orgânicos compuseram um dos melhores isolamentos que já estive, comparando, inclusive,  com a maioria dos campeonatos internacionais.
VALEU ROKAZ  pelo empenho!

 (Abaixo, finalistas do feminino máster, com Yan Ouriques na locução e organização)


As vias montadas pelo André 'Belê' Berezóski e pelo Jean Ouriques proporcionaram um show com perfeição, graduadas no feminino em 8a/b (eliminatória 1), 8b/c (eliminatória 2) e 8b/c (final).


Valeu à toda a mulherada presente na competição pela energia positiva e um agradecimento especial  à equipe 4climb pela receptividade, hospitalidade e pelos registros.


PEDRA VERMELHA
No dia seguinte ao campeonato, tive a oportunidade de ir conhecer, ao lado do Massa, as vias da Pedra Vermelha, acompanhados também do catarinense Eduardo Sorriso (5º lugar no masculino máster).
Neste rolê, fomos ciceroneados pelos escaladores mineiros TioDan, Kbeça, Roberta Resende, Claudinha Heringer, Sandro, Felipe Belisário e Marcela Romanelli, com a 'vibe mór' de uma turma do Clube Montis presente por ali, representados pelo presidente Gabriel Ramos.
Bão demais da conta, sôr!

O dia foi de chuva intensa, com cerca de 50mm caindo do céu,  mas o aguaceiro não impediu a escalada de rolar solta, graças à negatividade da pedra e seu teto imponente.

Nessa visita à PV, realizei em flash 4 vias maravilhosas: "Tormentos" (7a FR), "Amante Profissional (7a+FR), "Marimbondos" (7cFR) e "Fibras da Alma" (7b+FR).

Confira mais betas sobre como chegar e onde ficar na Pedra Vermelha no blog:  http://www.escaladalivre.com.br/feriado-de-clima-perfeito-na-pedra-vermelha/

Em meio a essa "corrida da vida",  entre treinos, viagens, trabalhos e dedicação familiar no mês de outubro,  tive  ainda o enorme prazer de escrever  uma matéria sobre a inesquecível conquista do Raphael Nishimura no mundial de paraclimbing, para a edição de novembro da Revista GO OUTSIDE:


Não deixem de conferir a história desse guerreiro acessando: http://gooutside.uol.com.br/1869
Inspiração pura!

Valeu a todos pela energia positiva, pessoalmente e pela internet, após mais essa participação e resultado no cenário da escalada brasileira.

São quase 2 décadas de paixão pela escalada e é muito bom poder viver essa filosofia de vida até hoje!

Abs e até a próxima,





 

Nenhum comentário:

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget