Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Rock Climbing - Retrospectiva 2012

+ alguns vídeos amadores de NOVAS conquistas - Divisa e Olhos
+ Brasil Vertical - Filme de FA´s de Felipe Camargo
+ Texto com CROQUI atualizado - Falésia dos Olhos
------------------------------------------------------------------------------------------

Este foi um ano realmente cheio para mim, repleto dos mais diversos acontecimentos, tanto na esfera da escalada, como por problemas que atormentaram e preencheram muito meus pensamentos. Eu diria que foi uma montanha russa, com momentos intensos e maravilhosos alternando-se com dificuldades e superações!

Porém, sem dúvida, a escalada esportiva em rocha esteve mais uma vez, muito presente  em minha vida em 2012!

Fazendo uma retrospectiva, relembrei de inúmeras conquistas expressivas e muito gratificantes ... 
Em viagem à Serra do Cipó, em junho, realizei diversas cadenas de vias lindas como: Escamoso 8c, Sociedade Secreta 8c/9a, Maria Bonita 8c e Lampião 9a (ambas Flash), Sequelados 9a, e,  coroando a trip, trouxe na bagagem as mega-clássicas Sinos de Aldebaran 8c e Ética Decomposta 9b.


Posteriormente, em viagem a Kalymnos em setembro,  antes de competir no Mundial, encadei à vista dois 8cs - Super Carpe Diem e Joggel Toguel extension, e um 9b - Adam, minha primeira cadena à vista nesta graduação...
Em viagem à Pedra Vermelha, pós campeonato no qual conquistei o ENEA campeonato brasileiro, tive ótimas escaladas em rocha, com destaque para as cadenas em flash das vias Fibras da Alma 8c/9a e Marimbondos 9a.
O restante das cadenas aconteceram no quintal de casa, minha tão querida S.Bento do Sapucaí.

Nesse paraíso,  posso destacar na Pedra da Divisa, as cadenas em flash das vias A Foice e o Martelo 8c e Sierra Maestra 9a, ambas vias novas do setor Comunista (Segue abaixo vídeo da via Sierra Maestra).
Sierra Maestra 7c (9a br) from Flavio Castagnari on Vimeo.
No setor Corujas, rolou a cadena da linda Efeito Moral 8b e da já clássica Juízo Final 9b (fotos abaixo), aresta magnífica e negativa que se tornou um dos cartões postais das esportivas de S.Bento. 

Na Falésia dos Olhos, logo ali, em Paraisópolis, a 20 min de S. Bento, destaco as cadenas da Despertar de Ícaro 8b e Pesadelo de Ícaro 9b, da Vanilla Dura 9b, O Relojoeiro Cego 8c/9a,  Fullon na Sikadura 9c e Pele e Osso 9c.
UFA!!! Realmente foram  muuuitas escaladas! Em um balanço geral, fico muito satisfeita com essa evolução na rocha, observada no aumento da minha graduação das escaladas Onsight e Flash - fruto de quase 20 anos de escalada esportiva com  maior 'imersão' na rocha nos últimos 3 anos.  
Termino este ano de rocha também muito feliz por outro motivo: nunca presenciei tamanha atividade de conquistas de novas linhas em todo o Brasil. Eu mesma participei ativamente de algumas conquistas, inclusive botei a mão na massa e peguei na furadeira, começando pela via Pele e Osso, ali mesmo nos Olhos! (Vídeo da via abaixo)


Leandro Pardal - Pele e Osso 9C (8a fr) from Lais Akamine on Vimeo.

Esta movimentação intensa de novos e antigos conquistadores pelo Brasil é de muito, realmente muito orgulho, ainda mais se tratando de conquistas realizadas de maneira independente e amadora, com recursos escassos, contando apenas com a ajuda da comunidade, sem burocracia, com atitude, esforço e muito amor pela escalada em rocha!!! 


Como diria o mestre Dani Andrada: "hay mucha montanha aí, han? E é claro que los equipadores son lo mas importante para el desarrolo de la escalada"... rs....
De certa forma, acredito que este movimento cheio de vibrações positivas ajudou a inspirar um dos nossos mais fortes escaladores, o Felipinho (Pikuira), que contribuiu muito para a escalada brasileira com um ótimo vídeo (abaixo) só de FAs (primeiras ascensões) pelo Brasil afora, valorizando assim as novas escaladas, novos projetos, os conquistadores e, por fim, toda escalada nacional.

Esta continuidade e renovação da escalada em rocha no Brasil é realmente "de encher os Olhos" e aproveito o gancho óbvio para fechar esta retrospectiva com um texto que estava devendo há um certo tempo, sobre a ampla expansão que a Falésia do Olhos, em Paraisópolis – MG, vem recebendo, tornando-se mais um point incrivelmente expressivo  da escalada esportiva brasileira!

Falésia dos Olhos com CROQUI atualizado
A Falésia dos Olhos está localizada a cerca de 20 min de S.Bento do Sapucaí (30 km), às margens da rodovia que liga Paraisópolis à Brasópolis, e constitui-se de  um enorme paredão rochoso, com quase 100 mts de altura, com ligeira negatividade que se acentua no final, produzindo um teto (ainda não explorado) que abriga os escaladores da chuva por todo ano, possibilitando assim escalada em qualquer clima!
 A melhor época compreende os meses de outubro a início de abril, pois de maio a setembro o sol bate forte na parede por grande período do dia. 

As primeiras escaladas que se tem notícia por ali foram realizadas em 1999 por um morador de Paraisópolis chamado Aldrin Lima, que, junto com outros escaladores, criaram a via Fenda, posteriormente dando lugar à clássica Sonho de Ícaro 7b. 
Os trabalhos de conquistas se intensificaram e tomaram forma com a chegada do escalador Eliseu Frechou à região. Acompanhado de escaladores como Arjuna Sundara, Bruno Mello, Luís e Cláudia Clement, André Berezoski (Belê) e Leandro Costa (Pardal), a falésia foi desenvolvida e várias vias clássicas foram criadas: Na Sika 9a, Na Faixa 9a/b, Bulls on Parade  9a e Fullon 10a .
Uma década se passou e vários escaladores passaram a frequentar a região e, pouco a pouco, novas vias foram surgindo, principalmente com os trabalhos quase que solitários de Leandro Costa (Pardal).
Em final de 2011 e principalmente em 2012, escaladores fanáticos que batiam ponto na falésia e usufruíam muito destas conquistas, como Flavio Castagnari (Massa), Edu Felício, Renato Mineiro e eu, Janine Cardoso, juntos com o Pardal, nos empolgamos em expandir e aproveitar o enorme potencial ainda não explorado e demos início a uma avalanche de conquistas e extensões. 
Esse processo de conquista alastrou-se ainda mais com a ajuda crescente de conquistadores  locais e de outros estados como Rodrigo Vasconsellos (Braga), Arjuna Sundara, Diogo Marassi, Gabriel Jansen e Aranha.
Agora, no final de 2012, a falésia conta com aproximadamente 40 vias esportivas de graduação entre sexto e décimo graus... 
Muitas vias foram estendidas e contam com quase 30 mts de escalada, com destaque para:
-  Extensões da Sonho de Ícaro: Despertar de Ícaro 8b e Pesadelo de Ícaro 9b;
- Extensão  da Vanilla Sky/Fácil: Vanilla Dura 9b;  
- Extensão da Sika: Sikadura 9b/c;
- Extensão da Bulls On Parade: Red Bulls 9b 
-  Extensão da Fullon (Projeto). 
Existem também inúmeras vias originais relativamente novas, com cerca de 1 ano, como:
- Peixeirinha Amigável 8a
- Facão Criminoso 8a
- A Ignorada 8c
- O Medo é Servidão 9a
- Crença 9b/c
- Evolução das Espécies 9c
- Pele e Osso 9c
- Martelo de Thor 10a.
E, ainda, temos as vias recém saídas do forno:
- O Relojoeiro Cego 8c/9a
- A Última Palavra 9b
- a gigante Madame Satã 9c  - com cerca de 35 mts
- os projetos Moura Brasil, Miopia, Instinto Coletivo, Hell Boy e Barba Negra.
Vale lembrar que este grande número de vias ainda pode ser aumentado por inúmeras variantes, muito criativas que,  além do desafio,  servem bastante para o treinamento em rocha.  
No final deste ano, por exemplo,  o Massa realizou o FA de uma antigo projeto dele, a imensa Trans-Olhos (10a/b), que inicia na Hera Venenosa, passa pela Bulls, Explosão de Dedos, Fullon, Sika, Evolução das Espécies, Vanilla Dura e termina com toda extensão da Pesadelo de Ícaro - um total de 8 vias compondo um verdadeiro passeio nos Olhos! Está lançado o desafio...
É isso aí! Agora é só esperar vários outros projetos de vias novas  em andamento e a conquista  do 2º andar, o teto, se aproxima...
Quem puder doar chapas, bolts e sika dará grande ajuda a este sonho.
Outro grande atrativo se encontra nos blocos que um dia se destacaram da falésia e agora, com o trabalho de limpeza e base destes mesmos conquistadores, inúmeros boulders novos vêm surgindo.

Com isso, o “Complexo  Olhos” já conta com cerca de 20 problemas, com destaque para:
-  a travessia Ócio Criativo V4
-  o Sétimo Selo V5
-  Divina Comédia V6
- o lindo Ensaio sobre a Cegueira V6

+  inúmeros projetos como:
Sargento, Ensaio Sobre a Loucura, Senhor da Morte, Apanhador de Sonhos e por aí vai, proporcionando só V bom, fortes, em linhas de muita criatividade e compressão!

Segue abaixo o vídeo do já clássico, Ceifador de Almas V5.
Ceifador de Almas - Boulders Falésia dos Olhos from Flavio Castagnari on Vimeo.

Confira abaixo o CROQUI semi-finalizado dos Olhos, desenhado pelo escalador Julio Bizu, com graduações sugeridas (faltando inserir a via 'Pele e Osso' 9c, entre a Despertar de Ícaro e a Crença.)
Termino este texto com empolgação em relação ao futuro dos Olhos, um local que, além das 40 vias com potencial para exploração do seu 'teto', dos boulders de V1 a, no mínimo, V10,11..., conta com entusiasmo dos proprietários e oferece abrigo da chuva. 

Enfim, ta aí  um local privilegiado da escalada esportiva brasileira, onde o ambiente tem sido de amizade e parceria, com alta receptividade para qualquer um que busque a mais pura escalada esportiva, aquela que se faz na ponta da corda, com foco, pressão e MOTIVAÇÃO A MUERTE!! 
Dedico este post e este ano a todos os conquistadores brasileiros e àquelas pessoas que contribuem de qualquer maneira para evolução da escalada no Brasil!!! 
FELIZ 2013!!!

Nenhum comentário:

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget