Bem-Vindos! Welcome!

Este é um espaço com impressões sobre montanhismo, escalada, performance esportiva, qualidade de vida, educação, viagens e outras paixões que, desde muito cedo, alimentam minha alma.

Aqui, apresento de forma descontraída, vivências e conquistas, curiosidades e bobagens. Obrigada pela visita!

Contato profissional para:
- Consultoria e Treinamento para Escalada Esportiva
- Modelo / Dublê de Escalada
- Jornalista Esportiva
email: janinefmcardoso@gmail.com


"Diga-me e eu esquecerei. Mostre-me e me lembrarei. Envolva-me e eu compreenderei." (Confúcio)

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Força feminina 'extra' na Serra do Cipó

Nossa! O tempo realmente 'voou' desde minhas últimas linhas  por aqui....
Parece que foi ontem que voltei da Serra do Cipó no final de julho (postagem anterior) e o cenário de agosto não foi diferente...

Felizmente, o 'clima' tem sido de deja vu graças a algumas idas e vindas para lá...
Cada vez mais, sinto-me em casa nesse lugar!

Desta vez, me programei com antecedência para literalmente 'voar' para o Cipó e  prestigiar o Encontro Yoga Climbing, organizado pelo Espaço Mandalla  em parceria com as escaladoras Daila Ojeda (Espanha) e Olivia Hsu (Estados Unidos).

Pensando, especialmente, em integrar minha filha ao universo da escalada feminina durante um evento que me parecia bastante acolhedor e motivante,  a aposta foi um sucesso.

Foi especial, não só por reencontrar a espanhola Daila -  presente no Brasil principalmente para produzir algumas imagens de escalada para a marca Prana em meio às belezas do Rio de Janeiro e Serra do Cipó, como para conhecer de perto a delicadeza e força da americana Olivia  - mestre em Yôga que conduziu duas aulas durante o final de semana do encontro.


Outra boa surpresa foi conhecer melhor também, posteriormente, a escaladora americana Colette Mcinerney - fotógrafa e videomaker engajada, com uma vibração para lá de positiva tanto na base das vias, como durante bate-papos regados a vinho.

Conheci a Daila em 2006 na Espanha, em um campeonato nacional onde participei como convidada. Na época, conversamos sobre competições e escalada, e ela já dava sinais de que seu universo girava em torno da 'roca', descartando continuar competindo por muito tempo.

Até hoje, ela emana uma mescla de leveza, força e humildade. Foi um enorme prazer passar uns dias com a Francine Gomes, ao lado de outras escaladoras brasileiras que transmitem  essa mescla como a Roberta Loureiro, Rafaela Discaciati e a Claudia Heringer.
Admiração mútua ultrapassando fronteiras.

A oportunidade de mergulhar nessa vivência ao lado da minha filha fez o meu mês!

Senti que  todas nós vibramos em uma sintonia e ritmo muito parecidos, principalmente quando o assunto é maternidade, mesmo com realidades de vida e rotina um pouco diferentes.

Tenho certeza que muitas outras mamães escaladoras que não puderam estar presentes desta vez sentiriam-se acolhidas e felizes também!

(A foto abaixo não nega a essência feminina... rs)


Apesar de estar em um mês desacelerado de escalada para recuperar uma tendinite no ombro e voltar aos treinos em setembro, acabei me rendendo a essa vibração  na rocha no final de agosto, o que  foi bastante gratificante.

Mesmo assim, deu para conhecer, xingar um pouco as agarras machuquentas e dar a gana na cadena da via 'Codigo de Conduta' - 8c durante uma bela manhã e provar outras vias mais difíceis de forma mais defensiva para proteger o ombro.

Outro aspecto motivante para voltar ao Cipó em agosto foi acompanhar o Massa durante o trabalho de um de seus projetos - a via Super Heróis, 10a. É sempre incrível assistir essa linha sendo escalada lá de cima do camarote!

Para completar, pude presenciar o escalador e brother da 90 GRAUS Diego Teté escalando pela primeira vez, em flash,  a clássica Lamúrias de um viciado, experiência que transcende e transmite a mais alta energia positiva  para quem assiste...

Porém, com certeza,  o momento alto para mim este mês foi acompanhar a escalada da minha filha em algumas vias do Vale Zen, como na Ensino Fundamental (5º SUP) -  fotos abaixo por Vilmar Machado.



Posteriormente, ela experimentou até o fim  a via Estriquinada, 6º grau - aberta recentemente pela fanática escaladora Rafaela Discaciati.
Voltando à rocha (ufa!), também provei essa linha que ficou fantástica!

Valeu demais à família do Espaço Mandalla:  Francine Gomes, Wagninho Borges, Sueli Gomes e Vilmar Machado pela organização do encontro Yoga Climbing, pela receptividade e deliciosos jantares de confraternização!

HAM SALAM - 8c+ por Eduardo Barão
Ainda na Serra do Cipó, o grande destaque de agosto nas vias foi a cadena do escalador brasileiro Eduardo Barão na via 'Ham Salam' no VALE ZEN, cotada como possível 11b (Br), 8c+ (Fr).


Especialista em 'superar-se', essa foi mais uma conquista suada, reflexo de muita dedicação, foco e motivação!

Me sentindo cada vez mais renovada, acabei abrindo novos projetos no Cipó e o impulso de encaixá-lo novamente como cenário no mês de setembro é forte!

Por enquanto,  os treinos seguem em Sampa, após estudos e adaptações de treinos compensatórios e nutrição funcional, sempre buscando evoluir com saúde, na escalada e na vida.

100ª EDIÇÃO DA GO OUTSIDE
Falando em leitura, confiram este mês nas bancas mais um trabalho que realizei  para a Revista Go Outside,  escrevendo uma matéria sobre os desafios de escalar o K2  - a Montanha da Morte.

Alta Montanha não é 'minha praia' dentro do montanhismo, contudo,  após muita pesquisa e algumas entrevistas,  o resultado ficou bacana para quem, como eu, se interessa por assuntos relacionados à superação nos esportes outdoor.

Além dessa matéria, a centésima edição da revista está um show,  com a admirável atleta Maya Gabeira representando a força feminina e a superação na capa de setembro.


COPA DO MUNDO DE ESCALADA DE DIFICULDADE 2013
Ainda sobre superação, é inacreditável como escaladores como Ramon Julian ainda conseguem nos surpreender  durante o cenário competitivo.

No último final de semana, o espanhol Ramon  nos deixou mais uma vez boquiabertos com sua escalada na via final, durante o Arco Rock Máster, na Itália.

O vídeo de sua espetacular escalada pode ser conferido no link: http://www.youtube.com/watch?v=HY7vZUtbjI8, ou através da postagem no blog do brazuca Cesar Grosso, que também participou  deste tradicional evento este ano, e conta algumas curiosidades sobre a competição.

E falando em competições, por enquanto estou focada no Campeonato Mundial de 2014, modalidade dificuldade,  que acontecerá em outubro na cidade de  Gijon, Espanha, mas não descarto participar de uma etapa da Copa do Mundo ainda no final deste ano.

Para mim, é sempre deslumbrante e enriquecedor acompanhar de perto tantas feras da escalada mundial superando-se nas vias, seja na rocha, seja em campeonatos. Tudo dependerá de algumas parcerias, evolução nos treinos e resoluções pessoais e profissionais.

Bora treinar, então, sempre desfrutando dos amigos e companhias singulares que a escalada nos contempla! Seja como for, isso já é uma enorme riqueza.


Bons ventos!!!

Nenhum comentário:

... "Superfície azul do céu, asas em curva de dores, Fernão Capelo levanta e voa, porque voar é importante, mais que comer e viver.

Caro é pensar diferente, viver em infinitos, voar dias inteiros só aprendendo a voar. Gaivota que se preza tem de sentir as estrelas, analisar paraísos, conquistar múltiplos espaços.

Gaivota que se preza precisa buscar perfeição. Importante é olhar de frente, em uma, em dez, cem mil vidas.

... nada é limite: voa, treina, aprende, paira sobre o comum do viver.

Se o destino é o infinito, o caminho é nas alturas!"

(Fernão Capelo Gaivota)

------------------------------------------------------

"Time stand still... I'm not looking back, but I want to look around me now, see more of the people and the places that surround me now...Time stand still...Freeze this moment a little bit longer, Make each sensation a little bit stronger, Experience slips away...The innocence slips away..."

(Rush and Climbing - since 1993)

Ocorreu um erro neste gadget